junho 30, 2008

Fraldinha a Cavalo no Saco de Pão



Ingredientes


- 1 peça de fraldinha limpa (com +/- 1,5 kg )
- 1 peça inteira de costelinha suína (com +/- 1,5 kg)

Para o Tempero
- 1 lata de cerveja clara
- 150 g de sal grosso temperado com um maço de ervas finas
(salsa, manjericão, tomilho e sálvia) picadas bem miudinho
- 1 saco de pão grande


Modo de Preparo


1º - Numa vasilha alta coloque a peça de fraldinha limpa (com +/- 1,5 kg) e a peça de costelinha suína (com +/- 1,5 kg) e regue com a lata de cerveja clara. Coloque dentro de um saco plástico e deixe descansando durante 30 minutos na geladeira.
2º - Depois, retire as peças de carne do saco plástico e tempere-as, passando generosamente, o sal grosso temperado com um maço de ervas finas (salsa, manjericão, tomilho e sálvia picadas bem miudinho) nos dois lados de cada peça de carne. (OBS: O sal vai aderir à superfície molhada das carnes).
3º - Dentro de um saco de pão coloque primeiro a fraldinha temperada e depois, por cima da fraldinha, coloque a costelinha (daí vem a expressão "à cavalo").
4º - Feche bem a boca do saco de pão, enrolando-o firmemente e coloque numa assadeira de alumínio. Leve ao forno médio (175 graus a 180 graus) durante 3 horas. OBS: A gordura liberada pela costelinha vai amaciar e dar um sabor especial à fraldinha. Sirva com farofa de legumes e vinagrete.

junho 29, 2008

Gelatina e Colágeno

Gelatina contém proteínas que fornecem aminoácidos essenciais para a manutenção de ossos e tecidos A gelatina é extraída do colágeno, especialmente do bovino.

Ela contém uma série de fragmentos de proteínas que fornecem aminoácidos essenciais ao corpo para a manutenção de ossos e tecidos.

O organismo começa a reduzir a produção de colágeno a partir dos 25 anos de idade. Aos 50, produz apenas 35% do colágeno necessário ao organismo.

Sem o colágeno, o tônus muscular sofre uma diminuição, atingindo a saúde dos ossos, pele, unhas e cabelos, fazendo com que se tornem menos resistentes, percam a elasticidade, o brilho e reduzam o crescimento, facilitando o aparecimento de estrias e celulite, levando ao envelhecimento dos tecidos do corpo.

O colágeno reforça os tendões e ligamentos que unem os músculos aos ossos. A gelatina ajuda na nutrição destes tecidos, mantendo a hidratação e integridade das articulações, desempenhando assim um papel importante na prevenção e no tratamento de dores articulares, artrose e osteoporose. É um nutriente isento de gorduras,colesterol ou carboidratos.

Pode ser adquirida em folhas, em pó com sabor, ao natural ou em cápsulas. Mas há diferença entre a gelatina que compramos no supermercado para sobremesa e a gelatina vendida em casas de produtos naturais e suplementos alimentares.

Nestes últimos, geralmente encontramos o colágeno em pó, ou em cápsulas, que é o colágeno em sua forma pura. Já a gelatina que compramos no supermercado, também tem colágeno na composição, porém, em menor quantidade.

Por Marco de Cardoso

Fonte: bemstar.globo.com

junho 28, 2008

Caldo de mandioca


Ingredientes

1 kg de mandioca (descascada e lavada);
500g de linguiça calabresa ( em rodelas) ;
1 cebola e 2 dentes de alho
picados, cheiro verde;
1 tablete de caldo de carne;
2litros de agua e sal a gosto
2 coolheres de óleo;

Modo de Preparo

Em uma panela grande e espaçosa, coloque o óleo a cebola e o alho para fritar sem dourar muito para que não fique aparecendo depois; em seguida joque a mandioca em pedaços pequenos e coloque o tablete de caldo de carne e os dois litros de agua e deixe cozinhar até que fique bem cozido. Enquanto isto frite a linguiça para que retire o excesso de gordura e reserve. Quando a mandioca estiver cozida poderá amassar com garfo, pois é o que faço pois não tenho liquidificador possante, (poderá colocar em um bom liquidificador ate obter um creme, já que ira utilizar todo o caldo do cozimento. Feito tudo isto junte a linguiça e o cheiro verde e leve ao fogo para ferver por uns minutos para pegar gosto. Poderão servir polvilhando queijo ralado ou como desejar...

junho 27, 2008

A dieta da aveia

Perca peso sem estresse - Emagreça com a aveia

Este cereal fornecedor de energia é o melhor aliado numa dieta. Além das vantagens da sua riqueza em fibra (que atua como limpeza intestinal, libertando o organismo das toxinas), ainda podemos mencionar a sua riqueza numa substância de ação relaxante chamada avenina.

Uma dieta que contenha aveia revela-se diurética, saciante, anti-estresse e revitalizante mental.

A aveia, remineralizante e reconstituinte, destaca-se por ser um dos cereais mais ricos em proteínas, porque entre as suas gorduras predominam as insaturadas, especialmente o ácido linoléico.

Este cereal é também rico nas vitaminas B1, B2, B3 e E, e ainda em minerais tão importantes como o cálcio, o magnésio, o fósforo, o ferro, o zinco e o enxofre.

Como os hidratos de carbono que contém são complexos, absorvem-se lentamente, proporcionando energia e sensação de saciedade. Assim, a aveia torna-se muito adequada para as dietas.

Sacia, revitaliza, dá energia e tranquiliza. Descubra as vantagens nutritivas da aveia. Um cereal bastante nutritivo que, além de o ajudar a emagrecer, revitaliza o seu poder mental, fornece-lhe um aumento de energia, e tem uma ação relaxante contra o estresse.

As vantagens da aveia

- Estimulante mental

O seu conteúdo em amido converte a aveia numa fonte de glucose essencial para alimentar os nossos neurônios. Como é rica em ácido linoléico (ácido gordo essencial) e em lecitina, ajuda a manter as membranas neuronais sãs e ativas.

Além disso, o fósforo e a vitamina B que contém ativam as funções cerebrais.

- Anti-colesterol

Graças à sua riqueza em ácidos gordos insaturados, fibra, lecitina e avenasterol, a aveia ajuda a reduzir os níveis de LDL no sangue (colesterol "mau").

- Favorece o trânsito intestinal

Como é um dos alimentos mais ricos em fibras (10% do seu peso é fibra), o consumo de aveia favorece o trânsito intestinal sem provocar irritação, já que o tipo de fibras que contém aumenta o volume das fezes mas suaviza as mucosas intestinais.

- Anti-estresse

A aveia contém uma substância chamada avenina que possui uma ação relaxante, muito útil em estados de nervosismo, fadiga ou estresse.


Fonte: www.saudeactual.com

junho 26, 2008

Molho de tomates



Ingredientes

- 2 copos (tipo americano) de água
- 3 kg de tomates lavados e sem o "olho" (parte do tomate
onde fica o cabinho) cortados em 4 partes
- 1 cebola cortada em 6 partes
- 2 dentes de alho picados grosseiramente
- 1 galho de manjericão
- 1 copo (tipo americano) de água

- 150 ml de azeite
- 1 cebola grande picada
- Meia colher (sopa) de sal
- 1 galho de manjericão
- molho de tomate feito
- 1 dente de alho picado

Modo de Preparo


1- Numa panela grande em fogo médio coloque a água, os tomates lavados cortados em 4 partes, a cebola cortada em 6 partes, os dentes de alho picados grosseiramente e o manjericão. Conte 25 minutos a partir do momento que começar a ferver.
2- Tire a panela do fogo. Com o auxílio de uma escumadeira, retire aos poucos os sólidos e vá colocando num passador de legumes para transformá-los num purê. Conforme for passando os sólidos, vá adicionando 1 copo (tipo americano) de água para facilitar. Você também pode bater os sólidos no liquidificador e depois passá-los por uma peneira. Despreze a água que você cozinhou os tomates. Ela que faz o molho ficar ácida. Não utilize-a para bater os tomates no liquidificador ou amassar no passador de legumes. Para temperar o molho:
3 - Numa panela em fogo médio aqueça o azeite e doure uma cebola grande picada com meia colher de sopa de sal. Misture bem e junte um galho de manjericão, o molho de tomate feito e um dente de alho picado. Deixe ferver por 15 minutos.

junho 25, 2008

Como escolher panelas

Panela velha é que faz comida boa? Se for de ferro sim. Estudos indicam que o mineral liberado durante o cozimento traz benefícios à saúde. E quanto mais antiga, maior a transmissão dele. Mas isso não vale para todas elas. Veja neste manual as vantagens e desvantagens de cada uma das panelas.

Inox: assim como a de pedra sabão, ela também tem a capacidade de distribuir o calor igualmente. Não é indicada para frituras, o óleo pode aquecer demais. Por isso cuidado com o tempo de cocção (cozimento), a comida pode passar do ponto. É mais resistente porque resiste a variações bruscas de temperatura. Ela não libera substâncias tóxicas. Antes de usá-la ferva com água por três ou quatro vezes.

Ferro: estudos mostram que o mineral (ferro) presente nesta panela vai para o alimento e auxilia no combate da anemia. Quanto mais velha, maior a transmissão desse mineral. Além disso, ela não se deforma com o calor e conserva melhor a temperatura, o que garante uma economia de gás. Quando for escolher a sua prefira as com cabo de madeira. Você sabe que elas são pesadas e ficam quentes por muito tempo. É uma peça importante se você gosta de fazer pratos típicos da nossa cozinha, com muitos molhos e peixes.

Ferro fundido: além de ser muito charmosa e vistosa, essa panela versátil pode ser usada em fogões elétricos, a gás, réchauds, churrasqueiras e vários tipos de fornos. Como retém muito calor é sempre bom usar fogo baixo por segurança. Também não a arraste muito no fogão e use utensílios de nylon ou silicone para não estragar o esmalte. Evite choques térmicos. Não use esponjas de aço para limpar e não a deixe secar naturalmente.

Vidro: é uma das mais indicadas pelos especialistas porque não elimina resíduos para os alimentos. Também são ótimas para quem gosta de dosar as quantidades na medida certa, afinal, dá para ver tudinho. Mas cuidado, elas quebram com facilidade. Apesar disso são seguras para uso na máquina de lavar louça.

Esmaltadas - as famosas panelas de ágata possuem a camada de esmalte que impede o desenvolvimento de bactérias. São mais usadas para cozinhar pequenos alimentos, molhos e sopas. Na hora da limpeza não use materiais ásperos e produtos químicos fortes.

Teflon: um estudo da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP afirma que o teflon é uma barreira para a passagem de metais prejudiciais à saúde. A presença de politetrafluoretileno, com propriedades antiaderentes, exige o uso de pouco óleo no preparo dos alimentos.

Cerâmica:
deixam a cozinha maravilhosa! O problema é que a pintura interna pode conter óxidos de chumbo e cádmio. Algumas até em grandes quantidades. Por isso preste atenção no selo de qualidade. São indicadas para cozinhar sopa de legumes, creme de abóbora ou grandes cozidos.

Pedra sabão: este tipo de panela tem várias vantagens. Uma delas é cozinhar sem alterar o sabor dos alimentos. Pelo contrário ressalta ainda mais. Também consegue aquecer os ingredientes por igual e dura por muitos anos. Não guarde alimentos nela, nem use para frituras. E quando for colocá-la no fogo, no início sempre use fogo baixo para que ela não rache devido ao choque térmico. Antes de usá-la é indicado fazer um “tratamento” para liberar os teores tóxicos de níquel que ela tem. Isso é simples. Unte a panela com óleo vegetal, coloque água e deixe no forno quente por duas horas. No dia-a-dia limpe bem, pois a superfície é porosa e abriga microorganismos. Ela é ótima para cozinhar moquecas, feijoadas e a comidinha mineira.

Alumínio – apesar de ser prática é preciso alguns cuidados no uso dessa panela. O material pode liberar metais tóxicos, por isso não é indicado você deixar o alimento esfriar dentro dela.

Matéria assinada por:
Juliana Lopes

junho 24, 2008

Bolotas de pipocas



Ingredientes

5 xícaras de pipocas já estouradas
1 colher (ou quanto baste) de óleo de canola ou milho
3/4 de xícara de açúcar
2 colheres de sopa de açúcar mascavo
1/2 xícara de melado
1/3 xícara de água
1 colher de chá de suco de limão
1 pitada de sal
1 pitada de cravo em pó
2 pitadas de canela em pó
1 pitada de gengibre em pó

Modo de Fazer

Deixe arrumada uma superfície antiaderente (um tapetinho de silicone, ou papel-manteiga untado), nela irão esfriar as bolotas. Unte uma tigela grande com óleo e coloque lá as pipocas já estouradas. Tenha o cuidado de retirar todos os milhos não estourados (piruás), para não correr o risco de quebrar o dente de alguém.

Em uma panela, misture os açúcares, o melado, a água, o suco de limão e os temperos. Leve ao fogo médio para ferver e mexa sempre. Quando as bolhas estiverem grandes e o caramelo espesso, ao ponto da colher fazer rastros definidos na panela, retire a panela do fogo e despeje o caramelo cuidadosamente sobre as pipocas. Misture as pipocas ao caramelo com um garfo e deixe esfriar um pouco, até conseguir encostar o dedo.

Unte as mãos com óleo e faça bolotas. Coloque as bolotas para esfriarem e endurecerem sobre a superfície untada. Armazene em pote bem fechado.

junho 23, 2008

Produtos de limpeza caseiros: amaciante de roupas

A base para amaciantes só é encontrada em potes de 500 ml, por isso dá para guardar e ir fazendo aos poucos.

Para fazer 2 litros de amaciante
2 litros de água filtrada
50 gr de base para amaciante em pasta
10 ml de essência

Preparo
Misturar a base na agua e coar para ficar bem homogeneo,colocar a essencia e deixar descansar um dia.

junho 22, 2008

Mexidão Doido Baiano



Ingredientes

Para o arroz:
- 2 colheres (sopa) de óleo
- 1 dente de alho picado
- Meia cebola picada
- Meio kg de arroz cru
- 4 xícaras (chá) de água quente
- sal a gosto

- Meia xícara (chá) de óleo
- 1 cebola e meia cortada em cubos pequenos
- 125 g de bacon cortado em cubos
- 125 g de paio cortado em cubos
- 125 g de carne seca cozida e cortada em cubos
- 125 g de lombo dessalgado e cortado em cubos

- 125 g de feijão fradinho cozido e escorrido
- 1 maço de cheiro verde picado (cebolinha, salsinha e
coentro)
- 1 cenoura cozida cortada em cubos
- 1 lata de milho escorrida
- 2 ovos cozidos
- 1/2 maço de couve manteiga cortada em tirinhas


Modo de Preparo


1º - Faça um arroz simples da seguinte maneira: Numa panela em fogo médio coloque o óleo e refogue o alho picado e a cebola picada por 4 minutos. Adicione o arroz e mexa um pouco para agregar sabores. Adicione a água quente e sal a gosto. Deixe cozinhando em fogo alto até começar a secar a água, então tampe a panela e abaixe o fogo.
2º - Numa frigideira em fogo médio coloque o óleo e frite a cebola cortada em cubos pequenos até ficar bem dourada (+/- 10 minutos). Retire a frigideira do fogo e com uma peneira escorra a cebola. Reserve a cebola e volte o óleo para a frigideira.
3º - Coloque a frigideira no fogo médio e frite o bacon cortado em cubos até dourar bem (+/- 8 minutos). Reserve o bacon.
4º - Volte a frigideira para o fogo médio e frite o paio cortado em cubos até dourar (+/- 10 minutos). Reserve o paio.
5º - Na mesma frigideira frite a carne seca (cozida e cortada em cubos) e o lombo (dessalgado e cortado em cubos) por +/- 15 minutos. OBS: Enquanto estiver fritando irá se formar um pouco de água que sai da carne seca. Retire um pouco desta água. Depois de fritas reserve a carne seca e o lombo.
6º - Transfira as carnes para um prato de servir e misture o feijão fradinho cozido e escorrido, o maço de cheiro verde picado (cebolinha, salsinha e coentro), a cenoura cozida cortada em cubos, a lata de milho escorrida, os ovos cozidos e o maço de couve manteiga cortada em tirinhas. Por fim adicione o arroz ainda bem quente, misture tudo e sirva a seguir.

junho 21, 2008

Manchas senis

A pele é o órgão responsável por regular a temperatura do corpo e protegê-lo. Com o passar dos anos ela torna-se frágil, sujeita às agressões do meio ambiente.

O envelhecimento da cútis varia de acordo com a predisposição genética e os hábitos do indivíduo ao longo da vida. As manchas senis constituem-se numa doença pré-maligna da pele que ocorre por um processo degenerativo causado pelo sol que incide sobre a pele ao longo da vida.

Geralmente localizam-se sobre o dorso das mãos, partes externas dos antebraços e rosto. As manchas senis são coleções de pigmentos que aparecem próximas à superfície da pele, nas áreas mais atingidas pelo sol.

São classificadas como melanose solar, cuja coloração é escura, e leucodermia solar, também chamada de sarda branca. Quando as manchas apresentam-se ásperas, são denominadas queratoses, podendo ser seborréicas - escuras provocadas por alteração celular – ou actínicas avermelhadas, originadas pelo sol. Geralmente elas são assintomáticas, não causam dor ou coceira.

Independente de sua aparência, o paciente deve procurar um especialista para fazer o diagnóstico das manchas, tão logo elas sejam percebidas. Pessoas de pele clara, ou que trabalham expostas ao sol, ou que tenham o hábito de freqüentar bastante a praia ou a piscina, devem usar diariamente protetor solar como uma forma de prevenir o aparecimento das manchas senis e, consequentemente, o câncer de pele.

TIPOS DE ENVELHECIMENTO DA PELE


Existem dois tipos de envelhecimento da pele: o intrínseco ou cronoenvelhecimento, que é a degeneração natural do organismo, e o extrínseco ou fotoenvelhecimento, provocado principalmente pela exposição ao sol.

O primeiro tem início a partir dos 25 anos. É caracterizado por perda de colágeno e elastina, proteínas que dão firmeza e elasticidade a pele; redução de tecido gordurosa e de retenção hídrica, fatores que causam o ressecamento; bem como a diminuição da estrutura óssea, normal com o avançar da idade, que ocasiona a formação de sulcos e contribui para a flacidez.

Na lista dos agentes externos que atuam como aceleradores do envelhecimento da pele, o principal “culpado” é o sol. As partes do corpo que normalmente ficam expostas, como o rosto e mãos, são mais enrugadas e manchadas do que as protegidas pela roupa.

O processo varia conforme a raça e o sexo. Por terem menos melanina, pigmento que dá cor e proteção à pele, as pessoas mais claras apresentam os sinais do tempo com maior rapidez em relação aos negros e orientais. Em relação aos sexos, a mulher é mais propensa ao envelhecimento, principalmente no período da menopausa. O declínio da produção do hormônio estrógeno é um dos vilões que provoca a perda de colágeno e massa óssea.

TRATAMENTO

O peeling e o emprego de ácidos e laser podem reduzir e até mesmo eliminar as manchas senis. Após a conclusão do tratamento é essencial continuar se protegendo do sol, utilizando bloqueadores adequados, para que elas não voltem a aparecer, ou pelo menos, que sejam minimizadas.

No mercado estão disponíveis diversos tipos de aparelhos a laser para tratar as manchas senis, como os aparelhos de Luz Intensa Pulsada, que atuam superficialmente na pele, sem a necessidade de qualquer tipo de anestesia.

O tratamento é administrado em uma série de sessões, com duração aproximada de vinte minutos. Após a sessão de aplicação de Luz Intensa Pulsada, as manchas escurecem, como se tivessem sido queimadas. Ocorre a formação de uma crosta no local da aplicação, que se desprende da pele entre 7 a 10 dias, deixando uma superfície rosada, característica de uma pele recém-formada.

PARA PREVENIR

- Usar diariamente protetores e filtros solares, inclusive no inverno, dentro de casa e no escritório. Sob luz fria (que passa luz ultravioleta), o filtro solar é imprescindível.
- No dia-a-dia, usar maquiagem com proteção solar.



Fonte: Dr. Eduardo Sucupira

junho 20, 2008

Limão dos Deuses


Ingredientes

- 2 colheres (sopa) de amido de milho
- 1 colher e meia (chá) de gelatina em pó sem sabor
- 1 xícara e meia (chá) de água
- Meia xícara (chá) de leite
- Meia xícara (chá) de açúcar

- 4 gemas batidas
- Meia colher (chá) de raspas de limão
- Meia xícara (chá) de suco de limão
- Meia colher (chá) de essência de baunilha
- 4 claras batidas em ponto de neve

Modo de Preparo

1º - Numa panela de tamanho médio FORA DO FOGO misture o amido de milho com a gelatina em pó sem sabor, aágua, o leite e o açúcar. Coloque a panela no fogo médio e cozinhe (sem parar de mexer) até que a mistura engrosse e comece a borbulhar.
2º - Retire a panela de fogo e acrescente as gemas batidas, mexendo vigorosamente (para não talhar), com auxilio de um batedor de arame. Volte a panela no fogo baixo e cozinhe por mais 2 minutos, mexendo sempre. Desligue o fogo e misture as raspas de limão, o suco de limão e a essência de baunilha. Deixe esfriar
3º - Depois da mistura esfriar junte delicadamente as claras batidas em ponto de neve. Coloque colheradas da mistura arrumadas em taças ou pirex e leve para a geladeira por 4 horas até ficar bem firme.

junho 19, 2008

Digestão saudável

Não são poucas as pessoas que se queixam de mal-estar, "queimação no estômago" e coisas do gênero.

Quem sofre com esse tipo de problema acaba perdendo um pouco do prazer que proporciona uma boa refeição. Isso sem falar que, se você está se sentindo mal durante a digestão é porque algo não está funcionado bem no seu organismo.

A Federação Brasileira de Gastroenterologia lista dez dicas para você ter uma boa digestão.

Confira, siga e aprenda a comer direito.

Nunca tome medicamento sem orientação médica
O mercado farmacêutico oferece uma série de remédios que combatem os sintomas de uma má digestão. Isso pode "mascarar" os problemas e retardar o diagnóstico de doenças mais graves, até câncer.

Cuidado com os remédios para dor, os antigripais e outros à base de ácido acetilsalicílico, além dos antiinflamatórios, principalmente aqueles conhecidos como não-específicos. Eles são uma das principais causas de problemas digestivos.

Bom senso na hora de comer
Ninguém melhor que você para saber os alimentos que lhe fazem mal. A principal regra é evitar aquilo que você sabe que não lhe "cai" bem e dar preferência aos alimentos que não costumam produzir sintomas.

Você não precisa passar fome para fazer uma dieta, mas também não deve comer até estufar. O segredo é comer certo e numa quantidade razoável. A cultura popular já prega: "Tudo demais é veneno".

Refeições nos horários e ambiente corretos
Apesar do corre-corre, reserve um pouco de tempo na agenda para comer com calma. Faça suas refeições (café, almoço e jantar) nos horários corretos, em ambiente calmo e mastigando bem os alimentos.

Não fique muito tempo em jejum
Se você sabe que vai ficar mais de quatro horas sem comer, faça um lanchinho leve. Uma frutinha ou uma barra de cereais (rica em fibras) à tarde sempre vai bem.

O cochilo depois do almoço está vetado
Deitar depois das refeições é a pior coisa que você pode fazer. Você deve guardar um intervalo de, no mínimo, 90 minutos entre a última refeição e o sono.

Isso vale para a dormidinha depois do almoço e para quem vai dormir logo após o jantar.

Frutas, verduras e legumes sempre fazem bem
Dê preferência a esses alimentos em vez daqueles gordurosos ou muito condimentados (principalmente com excesso de alho, cebola, pimentão e afins). Se você é relutante em aderir a esses gêneros, experimente prepará-los de forma criativa. A arte da culinária está aí para isso.

Lados bom e ruim do leite
O leite alivia a sensação de queimação em algumas pessoas, mas, por conter muito cálcio e proteínas que estimulam a secreção ácida do estômago, é recomendado apenas um copo, uma a duas vezes ao dia, de preferência à noite. Procure evitar aquele "leitinho antes de dormir".

Cigarro, nem pensar
O fumo está relacionado a problemas que podem acontecer com seu estômago, como, por exemplo, retardar a cicatrização da úlcera, além de provocar azia.

Atenção para as bebidas alcoólicas
Bebidas alcoólicas devem ser tomadas com moderação e nunca em jejum. Dê uma "forrada" no estômago antes de consumir qualquer bebida. Refrigerantes e gasosos em geral também devem ser tomados com moderação, pois o gás distende a parede do estômago, provocando aquela sensação de estufamento e estimulando também a secreção ácida.

O cafezinho depois do almoço
O hábito do cafezinho depois do almoço e do jantar está liberado. O que não pode é "tomar um dedinho de café" o tempo todo. Atenção: o que vale para o café (mesmo o descafeinado) vale também para a maioria dos chás. Os melhores são os de erva-doce e camomila.

junho 16, 2008

Surpresa de gelatina



Ingredientes:

1 Pacote de gelatina de qualquer sabor
1 lata de leite condensado
2 ½ xícaras de leite
2 colheres de amido de milho
3 gemas.

Modo de preparo:
Em uma panela coloque: 2 xícaras de leite de vaca, as gemas batidas, a lata de leite condensado, misture bem. Dissolva o amido de milho em ½ xícara de leite restante e junte à panela. Leve ao fogo mexendo sempre até engrossar. Verifique o açúcar. Coloque este creme em pirex médio. Deixe esfriar. Faça a gelatina conforme as instruções de preparo. Despeje a gelatina sobre o creme do pirex. Leve ao refrigerador.

junho 15, 2008

Como combater pragas como o pulgão

A cultura popular brasileira é rica em dicas para o controle de pragas de plantas. A maior parte delas ataca geralmente na primavera, período de fertilidade e de grande atividade na natureza. E elas causam vários estragos nas plantas, além de favorecer o surgimento de doenças, principalmente fúngicas.

As pragas geralmente se tornam um problema sério quando há um desequilíbrio ecológico no sistema onde a planta está inserida. Outras situações que podem favorecer o seu surgimento são desequilíbrios térmicos, excesso ou escassez de água e insolação inadequada.

PULGÕES
Os pulgões podem ser pretos, marrons, cinzas e até verdes. Alojam-se nas folhas mais tenras, brotos e caules, sugando a seiva e deixando as folhas amareladas e enrugadas. Em grande quantidade podem debilitar demasiadamente a planta e até transmitir doenças perigosas.

Eles podem aparecer em qualquer época do ano, mas os períodos mais propícios são a primavera, o verão e o início do outono. Precisam ser controlados logo que notados, pois multiplicam-se com rapidez.

DICA As joaninhas são predadoras naturais dos pulgões. Um chumaço de algodão embebido em uma mistura de água e álcool em partes iguais ajuda a retirar os pulgões das folhas e isso pode ser feito semanalmente. Depois de removidos os pulgões é que você deve aplicar o repelente, para evitar novos ataques.

junho 14, 2008

Nuvens


Ingredientes

- 1,5 litro de leite
- 4 colheres (sopa) de açúcar
- canela em pau a gosto
- 8 claras
- 6 gemas batidas
- açúcar se desejar

Modo de Preparo

1º - Numa batedeira, bata as claras com açúcar até ficar em neve. Reserve.
2º - Numa panela em fogo alto, coloque leite, açúcar e canela em pau a gosto. Deixe ferver.
3º - Aos poucos, coloque colheradas da clara em neve, jogue no leite fervendo e cozinhe rapidamente. Após feito com toda a clara (nuvens), reserve e desligue o fogo do leite. Deixe amornar.
4º - Depois do leite amornar, coloque AOS POUCOS as gemas batidas mexendo sempre (OBS: cuidado para não talhar). Mexa bem até engrossar um pouco. Caso sinta necessidade, adicione açúcar neste creme.
5º - Jogue este creme de gemas sobre as nuvens e leve para gelar.

junho 13, 2008

Horta Caseira

Você sempre quis ter uma horta em casa e nunca se arriscou porque mora em apartamento? Então perca o medo porque hoje nós vamos mostrar que isso é bem possível. E mais: é fácil.

As pessoas associam horta a espaços grandes, com muita terra. Mas isso só vale para quem planta para vender. Quem quer ter apenas uma verdura ou uma erva fresca na hora de cozinhar, pode plantar no quintal, numa jardineira ou mesmo num vaso pequeno.

E se você mora em apartamento, não desanime. Você pode transformar sua varanda do apartamento numa verdadeira horta. Coloque um plástico no parapeito para reduzir a ação do vento e espalhe as mudas à vontade. Pode ter de tudo: pimenta, capuchinha, coentro, sálvia, alecrim.
Para formar uma horta, basta procurar mudas, vasos e outros produtos nas lojas de plantas. A variedade é enorme e a unidade custa por volta de um real.

As dicas da paisagista Ângela Rossi mostra como é fácil transplantar. Primeiro coloque na jardineira argila expandida. São pedrinhas que ajudam a fazer a drenagem das plantas. Cubra com um pedaço de manta de bidim para manter a umidade. E por cima, ponha o substrato, que é um composto de terra já vendido pronto. Em seguida, vá acomodando as mudas de sua preferência. Só tem uma erva que não pode ser plantada junto com outra: a hortelã, porque a raiz dela se espalha muito.

Depois é aguar e adotar algumas regrinhas:
- regar todo dia, melhor se for pela manhã
- colocar a jardineira em local que pegue sol, de preferência o da manhã
- adubar uma vez por mês
- se surgir alguma praga, usar inseticida natural

Tomando esses cuidados, durante um ano você vai pegar os temperos de sua horta caseira.

junho 12, 2008

Chuviscos



Ingredientes

- 19 gemas
- 1 clara
- 1 gota de corante gel amarelo cor gema
- 12 colheres (sopa rasa) de farinha de trigo (+/-)
- 1 colher (café rasa) de fermento em pó
- 1 colher (café) de essência de baunilha

Primeira calda (onde são cozidos os chuviscos)

INGREDIENTES:
- 1 kg e meio de açúcar refinado
- 2 xícaras (chá) de água
- 1 colher (chá) de manteiga

Segunda calda (para fazer chuvisco em calda e que deve ser
bem rala)


INGREDIENTES:
- 1 kg de açúcar refinado
- Meio litro de água
- 1 colher (sopa) de essência de sua preferência

Terceira calda (só para cristalizar os chuviscos)

INGREDIENTES:
- 1 kg de açúcar refinado
- Meia xícara (chá) de água

Modo de Preparo

1º - Numa batedeira coloque as gemas e a clara e bata em velocidade alta até dobrar de volume. Acrescente 1 gota de corante gel amarelo cor gema, bata mais um pouco e diminua a velocidade da batedeira. AOS POUCOS vá incorporando apenas 8 colheres (sopa rasa) de farinha de trigo (reserve o restante da farinha). Continue batendo em velocidade baixa apenas para misturar. Adicione o fermento em pó e misture apenas para integrá-lo aos demais ingredientes. 2º - Coloque a massa num recipiente e mantenha tampado com pano úmido para não ressecar. 3º - Com uma colher de chá apanhe porções de massa (passe a colher nas bordas para tirar o excesso) e pingue na primeira calda, de uma só vez e puxe rapidamente para formar uma gota. Deixe os chuviscos ferverem por 4 ou 5 minutos e retire-os com uma escumadeira.(OBS: Caso os chuviscos fiquem com um formato achatado, acrescente aquela farinha de trigo reservada acima e vá experimentando na calda até que fiquem no formato do chuvisco).

PARA O CHUVISCO EM CALDA:
Depois de cozinharem por 4 a 5 minutos, com uma escumadeira, coloque os chuviscos na 2ª calda (calda rala).

PARA O CHUVISCO CRISTALIZADO: Depois de cozinharem por 4 a 5 minutos, com uma escumadeira, passe os chuviscos na 3ª calda (calda mais grossa). Deixe ferver por 5 minutos, escorra bem numa peneira e, ainda quente, coloque-os no açúcar cristalizado seco e quente. Espalhe-os sobre num papel toalha e deixe-os esfriar até secar. (DICA: para que o açúcar cristalizado fique seco e quente, coloque-o no forno apenas para secar)

PARA RECHEAR OS CHUVISCOS: Quando estiver fazendo a massa do chuvisco incorpore cerejas picadas. Modele a gota com uma colher, de modo a deixar 1 cereja dentro de cada chuvisco e continue a receita do mesmo modo descrito acima. Primeira calda: Numa panela FORA DO FOGO misture o açúcar refinado com a água e leve ao fogo médio. Deixe ferver até ponto de fio grosso. (DICA: Para saber o ponto, suje o garfo com a massa e passe na calda. Se espumar está no ponto ideal). Na hora de cozinhar os chuviscos, coloque 1 colher (chá) de manteiga na calda. Segunda calda: Numa panela FORA DO FOGO misture o açúcar refinado com a litro de água e leve ao fogo médio para ferver até ponto espelho. (DICA: Para saber o ponto suje uma colher com a calda. A calda não deve escorrer na colher). Depois acrescente 1 colher (sopa) de essência de sua preferência. DICA: se quiser a calda menos doce, diminua a quantidade de açúcar Terceira calda: Numa panela FORA DO FOGO misture o açúcar refinado com a de água e leve ao fogo médio para ferver até ponto espelho. Coloque os chuviscos já cozidos na primeira calda e deixe ferver por 3 a 5 minutos. Depois escorra os chuviscos numa peneira e deixe-os secar.

junho 11, 2008

Gases

O que fazer para evitar gases intestinais (flatulência)?

Você sabe o que é flatulência? São gases intestinais, que causam grande desconforto, além de poder trazer constrangimento social. Esses gases são formados pelo ar engolido durante a fala e enquanto comemos ou por gases formados no aparelho digestório. Eles são expelidos por via oral (arrotos) ou via anal (gases intestinais).


O que pode causar flatulência?

- Consumir excesso de leguminosas como feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, soja;

-Consumir excesso de vegetais como repolho, brócolis, couve-flor, couve, cebola, aspargo, rabanete, batata-doce, pimentão, pepino, aipo, berinjela;

- Carnes muito temperadas e defumadas, ovos cozidos, peixes, frutos do mar, queijos muito maduros (gorgonzola, parmesão), açúcar branco ou mascavo, doces e bebidas gasosas (refrigerantes, cervejas, espumantes);

- Adoçantes artificiais com sorbitol;

- Comer rápido e mastigar pouco os alimentos atrapalha a digestão;

- Falar muito durante as refeições. Isso faz com que se engula um grande volume de ar.


O que fazer para diminuir a flatulência?

- Procure comer devagar e não falar durante as refeições;

- Prefira alimentos ricos em fibras e beba bastante líquido;

- Não ingerir em excesso os alimentos que causam gases, citados acima;

- Procurar comer alimentos como maçã, iogurte, chás concentrados de salsinha e salsão e frutas perfumadas como pêra, pêssego, sem casca e bem maduras. Esses alimentos reduzem os odores das fezes;

- Caminhar após as refeições estimula os movimentos intestinais, melhorando seu funcionamento e evitando gases.

junho 10, 2008

Arroz de Forno Diferente



Ingredientes

1 chicara de arroz
1 chicara de molho de tomate
100gr presunto
200gr queijo mussarela
50gr queijo parmesão
100gr azeitona
100gr milho verde
100gr bacom
1/2 cebola refogada
1/2 cebolinha verde
1/3 pimentão
1 pitada de oregano
alho com sal

Modo de Preparo


refogue o arroz com alho e sal, e cozinhe o arroz, pronoto, separe, frite o bacom ao ponto e com a gordura refogue a cebola. misture presunto picado, azeitona picada, milho verde, bacom, cebolinha, azeitona, pimentão, a cebola refogada queijo parmesão e por ultimo o molho de tomate. misture tudo e junte ao arroz cozido, misture tudo, pronto, faça uma camada de arroz e coloque o queijo muussarela e outra camada de arroz e outra de queijo, por cima uma pitada de oregano e leve ao forno por 00:20 mn. depois é só servir. rende para quatro pessoas

junho 09, 2008

junho 06, 2008

Nhocão Recheado


Ingredientes

- 1 kg e meio de mandioca cozida e amassada
- 2 ovos
- sal a gosto
- 2 a 3 colheres (sopa) de farinha de trigo
- 300 g de mussarela cortada em cubos médios

Para o Molho :
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 1 cebola picada
- 1 dente de alho picado
- ervas picadas a gosto (sálvia e tomilho)
- 2 tomates cortados em cubinhos e sem semente
- 1 xícara (chá) de caldo de frango (1 tablete de caldo de
frango dissolvido em 1 xícara de chá de água)
- 520 g de molho de tomate pronto (1 caixinha)
- 500 g de peito de frango cozido e desfiado

Para regar:
- 1 copo de requeijão cremoso
- salsinha bem picadinha para polvilhar
- sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo

1- Numa tigela misture muito bem a mandioca cozida e amassada, os ovos e sal a gosto. Incorpore de 2 a 3 colheres (sopa) de farinha de trigo amassando com as mãos até que a massa desprenda das mãos.
2- Com a massa faça bolinhas grandes (+/-30 g do tamanho de uma bolinha de ping-pong).
3- Recheie cada bolinha com um cubo de queijo mussarela e vá arrumando numa travessa. Faça isso com toda a massa. Reserve.
4- Numa panela em fogo médio coloque a manteiga e refogue a cebola picada, o dente de alho picado, ervas picadas a gosto (sálvia e tomilho) por uns 5 minutos. Acrescente os tomates cortados em cubinhos e sem sementes e refogue por mais 3 minutos. Junte o de caldo de frango (1 tablete de caldo de frango dissolvido em 1 xícara de chá de água), o molho de tomate pronto (1 caixinha) e o peito de frango cozido e desfiado. Adicione sal e pimenta-do-reino a gosto e cozinhe por mais 5 minutos.
5- Depois jogue o molho de frango por cima dos inhocões de mandioca, espalhe o requeijão cremoso e polvilhe salsinha picada a gosto. Leve ao forno pré-aquecido a 250º C por 15 minutos para gratinar.

junho 04, 2008

Torresmo



Ingredientes

- 3 kg de toucinho picado em cubos
- 40 g de tempero de alho (receita abaixo)
- 1 colher (chá) de cachaça

TEMPERO DE ALHO

- 1/2 xícara (chá) de óleo
- 2 cabeças de alho, descascadas
- cebolinha picada a gosto
- 1,2 kg de sal

Modo de Preparo

1º - Numa panela em fogo alto coloque os cubos de toucinho e vá mexendo até começar a cozinhar (de 20 a 25 minutos).
2º - Depois deste tempo acrescente o tempero de alho e a cachaça. Mexa até que o toucinho frite na própria gordura e comece a pipocar. Mexa com CUIDADO.
3º - Desligue o fogo e escorra o toucinho numa peneira. Deixe esfriar. Sirva a seguir.

TEMPERO DE ALHO: Num liquidificador coloque o óleo, as cabeças de alho, descascadas e cebolinha picada a gosto e bata bem. Desligue o liquidificador e transfira a mistura para uma tigela. Adicione o sal e mexa bem. Guarde tampado na geladeira e utilize para temperar carnes, aves, peixes, toucinho.

junho 03, 2008

Como cuidar de orquídeas

- O melhor lugar para as orquídeas ficarem é onde tenha bastante ventilação e luminosidade, para garantir a florada. Próximo às janelas, do lado de dentro, é uma boa opção.
- A planta gosta de água, portanto regue-a em abundância. A próxima rega será quando o vaso estiver quase seco.
- O vaso deve ter bastante furo ao redor e no fundo, para que a planta areje e receba a ventilação necessária.
- a maioria das espécies floresce uma vez por ano. Mas algumas orquídeas são híbridas, resultado do cruzamento de duas espécies. Estas têm diferentes épocas de floração e a duração da florada varia. A floração das falenópis, por exemplo duram de 3 a 6 meses, enquanto as catiléias apenas 3 semanas.
- Para ter sua casa sempre florida, compre uma orquídea por mês. No próximo ano, você vai ter flores o tempo todo.

junho 02, 2008

Arroz de Bacalhau do Bernardinho



Ingredientes

- Meia xícara (chá) de azeite
- 2 cebolas cortadas em tiras
- 2 dentes de alho amassados

- 3 tomates picados com pele e sem sementes picados
- 1 vidro de palmito picado (300g)
- 1 lata de ervilha
- 1 lata de milho verde
- Meio kg de bacalhau dessalgado, cozido e em lascas

- 4 xícaras (chá) de arroz cozido
- 150 g de azeitonas pretas sem caroço picadas (reservar
algumas para enfeitar)
- 1 xícara (chá) de salsinha picada

- azeite para untar
- queijo ralado o suficiente para polvilhar
- 2 ovos cozidos cortados em 4 partes
- salsinha picada a gosto

Modo de Preparo

1º - Numa panela em fogo médio aqueça o azeite e refogue as cebolas cortadas em tiras e os dentes de alho amassados por 5 minutos ou até o alho dourar. 2º - Junte os tomates picados com pele e sem sementes picados, o vidro de palmito picado (300g), a lata de ervilha a lata de milho verde, o bacalhau dessalgado, cozido e em lascas e cozinhe por mais 5 minutos, mexendo vez em quando. 3º - Acrescente na mistura acima o arroz cozido, as azeitonas pretas sem caroço picadas (reservar algumas para enfeitar) e a salsinha picada. Misture muito bem e transfira para um refratário untado com bastante azeite. 4º - Polvilhe queijo ralado a gosto, decore com os ovos cozidos cortados em 4 partes e polvilhe mais salsinha picada. Leve ao forno por 5 minutos, apenas para derreter o queijo parmesão. Sirva imediatamente.

junho 01, 2008

Dicas

Evite ovos, mesmo cozidos. Faça o mesmo com as gorduras em excesso (maionese, margarina, manteiga, nata e patê), O açúcar, na cobertura e no recheio dos bolos, deve ser muito bem acondicionado em recipientes térmicos no verão, pois permite a reprodução de bactérias se expostos ao calor.
--------------------------------------------------------------------------------

Se a criança gosta de hambúrguer, prepare-o em casa. Ensine-a. Estimule o jovem a ter uma alimentação saudável. O refrigerante deve ser oferecido eventualmente. Prefira sucos naturais ou de caixinha.
--------------------------------------------------------------------------------

Não deixe a gurizada sair de casa sem tomar café da manhã. Em jejum, eles perdem o rendimento na sala de aula e podem até passar mal na escola.
--------------------------------------------------------------------------------

Use as verduras e frutas da época nos ingredientes das receitas de bolos, salgados, sucos e sanduíches. Além de baratos eles têm maus nutrientes e vitaminas.
--------------------------------------------------------------------------------

Alivio imediato da azia:
Ralar e extrair um suco da batata crua, ou mastigar um pedacinho, o alivio é imediato.