dezembro 14, 2007


Eu no seu Natal

Veja-me como se eu fosse aquela verde árvore
que quer dar-lhe as cores da esperança
e, nas bolinhas coloridas o que sinto :
Na vermelha, o calor do carinho que tenho por você.
Na azul, a proteção dos Anjos aos quais peço por sua segurança.
Na amarela, cor do ouro, toda a prosperidade que lhe desejo.
Na roxa, a tristeza que sinto quando vejo você triste.
Na branca a Luz da Paz que eu quero para a sua Vida.
Quero ser um pouco seu Natal
Sinta-me em cada caixinha de presente, sorrindo com seu sorriso.
Nos laços coloridos, meus bons pensamentos enfeitando a sua casa.
Nas crianças que correm felizes, a energia positiva que lhe envio.
Nos brinquedos esparramados, a inocência que vejo em seu coração.
Nos abraços ou em solidão, a minha presença vibrando serenidade.
Nos sinos que tangem, ouça minha voz em orações pedindo a
Deus que lhe dê proteção e que afaste qualquer mal.
Esteja você onde estiver
Deixe-me ser um pouco seu Natal

Silvia Schmidt


PS: BOAS FESTAS A TODOS!ATÉ 2008!

A Pele e o Sol

Se você é daqueles que não abre mão do bronzeado...

São poucos os que resistem a ganhar uma corzinha durante as férias de verão. Sair da praia com a mesma cor que chegou dá a sensação de que ficou faltando algo. Este conceito é resultado do culto ao bronzeamento, muito comum no Brasil, onde o encontro social acontece nas praias e piscinas, principalmente durante o verão, e muitos acham que a pele bronzeada tem um aspecto mais saudável...

Se você não quer abrir mão do sol de jeito nenhum, vamos ajudá-lo a sair das férias bronzeado, mas sem descascados e ardidos, prejudicando menos a sua pele. Compreenda que, para se bronzear, você não precisa se queimar! Queimaduras repetidas ao longo dos anos podem levar ao câncer e devem ser evitadas. Entre 10 e 16 horas aumenta muito o ultravioleta B, causador das queimaduras solares, portanto, neste horário, proteja-se sempre!

Já o ultravioleta A, o mesmo usado nas câmaras de bronzeamento, não causa queimaduras, mas bronzeia. Está disponível antes das 10 e após as 16 horas em grande intensidade. No entanto, lembre-se de que esta radiação, além de envelhecer sua pele precocemente causando manchas e rugas, também predispõe ao surgimento do câncer. Expor sua pele ao sol em demasia é um risco que pode trazer consequências sérias futuramente e o prejudicado será você.

Como se bronzear sem se queimar...

Antes de mais nada, nunca tente adquirir a cor de um verão inteiro no primeiro dia de férias. Você deve entender que o bronzeado só vai começar a aparecer 48 a 72 horas após a primeira exposição solar. Este é o tempo necessário para que a melanina (pigmento que dá cor à pele) seja produzida e liberada pelas células. É um processo gradual e não adianta exagerar no sol para tentar apressá-lo.

Proceda assim: durante a primeira semana, chegue na praia antes das 9 horas, exponha-se por 20 minutos ao sol e então aplique generosamente o protetor solar, sempre com FPS 15 ou maior. Lembre-se de que o protetor leva de 20 a 30 minutos para atingir sua proteção máxima e de que, mesmo com filtro solar, uma parte da radiação ultravioleta está atingindo sua pele e estimulando o bronzeamento. Reaplique o protetor a cada 2 horas ou sempre que mergulhar ou suar muito. Não esqueça de usar bonés e barraca de praia, principalmente no horário entre 10 e 16 horas.

Se você não consegue acordar cedo nas férias, e chega na praia sempre no pior horário, aplique o filtro solar assim que chegar. Como ele vai levar 20 a 30 minutos para agir e a intensidade de radiação solar neste horário é muito maior, você já estará recebendo estímulo suficiente para o bronzeamento, que vai aparecendo aos poucos.

Acredite e experimente, em poucos dias você estará com a cor desejada e sem queimaduras. É fácil ver se está funcionando. A partir do terceiro dia, verifique sua marca de biquini ou calção, você vai ver a diferença. Uma vez que você adquiriu seu bronzeado, basta continuar o esquema acima para manter a cor e sua pele estará mais saudável, sem o sofrimento das queimaduras e sem descascar.

Mas veja bem, se você tem fototipos I e II (conheça o seu fototipo), dificilmente você se bronzeará, portanto, não adianta insistir, você só vai danificar a sua pele. No seu caso, você deve assumir sua condição e buscar outro padrão de beleza, que já começa a ganhar força no meio artístico e da moda, a pele branca, sem manchas.

Auto-bronzeadores: uma opção para o bronzeamento

Os auto-bronzeadores, são cremes ou locões com dihidroxiacetona, substância que provoca uma reação química na pele, escurecendo-a. Esta reação provoca a pigmentação da camada mais externa da pele (camada córnea), dando uma cor semelhante à do bronzeamento. Os produtos não estimulam a produção da melanina, pigmento que dá a cor natural da pele portanto, na verdade, não estão bronzeando, apenas tingindo a camada córnea.

Não causam mal algum, a não ser naqueles que tenham alergia ao produto. O inconveniente é que, em algumas pessoas, a coloração resultante não fica muito natural, por isso recomenda-se experimentar o produto em uma pequena parte da pele para ver se a cor fica boa e aí então aplicar no resto do corpo. O produto deve ser reaplicado em intervalos que variam de 2 a 5 dias para se manter a cor, e são uma boa opção para aqueles que não dispensam uma "corzinha" no verão mas querem manter a pele saudável.

Os auto-bronzeadores não devem, entretanto, ser confundidos com protetores solares pois a coloração resultante do seu uso nao confere proteção contra o sol

dezembro 13, 2007

Aperitivos para o Natal

COXINHAS DE NATAL



Ingredientes

- 4 colheres (sopa) de azeite
- 1 cebola picada
- 3 dentes de alho picados
- 1 colher (sopa) de sálvia picada
- 1/2 pimenta vermelha picada
- 250 g de sobra de pernil e 250 g de peru assados e
processados (total 500 g)
- cheiro verde picado a gosto
- suco de 1 limão
- 4 colheres (sopa) de requeijão cremoso
- sal a gosto
- ovo ligeiramente batido
- farinha de rosca para empanar
- óleo para fritar

Modo de Preparo

Numa panela em fogo médio, coloque azeite, cebola picada, alho picado, sálvia picada, pimenta vermelha picada, sobras de pernil e peru assados e processados, cheiro verde picado a gosto, suco de limão, requeijão cremoso e sal a gosto. Leve a massa para gelar por +/- 2 horas. Com as mãos modele as coxinhas, passe pelo ovo ligeiramente batido e pela farinha de rosca e repita a operação. Frite em óleo quente.

BRUSCHETTA COM MORTADELA



Ingredientes

- Alho a gosto
- Sal a gosto
- Azeite a gosto
- 1 pão italiano cortado em fatias
- 2 tomates sem pele e sem sementes cortados em cubos
- Azeite a gosto
- Sal a gosto
- Folhas de manjericão
- 200 g de mortadela picada e tostada na frigideira

Modo de Preparo

Faça uma mistura com alho, sal e azeite e passe nas fatias de pão italiano. Leve ao forno para tostar levemente. Reserve. Numa tigela, coloque 2 tomates sem pele e sem sementes cortados em cubos, azeite a gosto, sal a gosto, folhas de manjericão e 200 g de mortadela picada e tostada na frigideira. Misture bem e coloque sobre as fatias de pão italiano levemente tostadas. Caso queira bruschettas quentes, pode adicionar queijo parmesão ralado e leve para gratinar.

dezembro 12, 2007

Riscos da Exposição Solar no Verão

O hemisfério sul do planeta está vivendo o verão. Esta estação do ano é muito festejada e, às vezes, cometem-se excessos que podem ser prejudiciais e perigosos para a saúde. A exposição aos raios solares pode ser um risco...".

Com a chegada do verão, as exigências do mundo da moda incluem corpos magros, bem definidos e, de preferência, bastante bronzeados. Milhões de brasileiros aproveitam as férias nesta época do ano para estirarem-se seus corpos seminus à beira-mar. A exposição ao sol, embora traga benefícios, como auxiliar na absorção da vitamina E fixar o cálcio no organismo, também tem sérias implicações para a saúde quando em exagero. Do envelhecimento precoce ao câncer de pele, o sol pode sair rapidamente da posição de aliado para a de vilão, especialmente nestas épocas em que o buraco na camada de ozônio potencializa a ação dos raios solares. Alguns cuidados, recomendados pela Associação Brasileira de Dermatologia, merecem atenção. Alternativas ao sol, como o bronzeamento artificial e os cremes autobronzeadores também despontam no mercado da medicina estética, como opções que devem ser analisadas com critério, ainda que a promessa de adquirir 'a cor do verão' seja atraente.

Informações Sobre a Pele

A pele é o maior órgão do corpo humano. Segundo informações contidas no site do Dr. Roberto Barbosa Lima, médico especialista em dermatologia e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a pele corresponde a 16% do peso corporal, exercendo diversas funções, como: regulação térmica, defesa orgânica, controle do fluxo sangüíneo, proteção contra diversos agentes do meio ambiente e funções sensoriais. Este órgão é formado por três camadas: epiderme, derme e hipoderme.

A primeira é a mais externa e é constituída por células compostas basicamente de queratina, proteína responsável pela impermeabilização da pele. Além dos queratinócitos, encontra-se também na epiderme os melanócitos, que produzem o pigmento que dá cor à pele (melanina) e as células de defesa imunológica (células de Langerhans).

A derme, segunda camada da pele, localizada entre a epiderme e a hipoderme, é responsável pela resistência e elasticidade da pele.

A terceira camada da pele, a hipoderme, também chamada de tecido celular subcutâneo, é a porção mais profunda e é composta por feixes de tecido conjuntivo que envolve células gordurosas e formam lobos de gordura.

As três camadas da pele são sensíveis aos raios ultravioleta, que fazem parte da luz solar.

Radiação Ultravioleta

De acordo com especialistas da SBD, a radiação Ultravioleta (UV), que faz parte da luz solar que atinge o planeta, ao penetrar na pele profundamente, desencadeia reações como as queimaduras solares, as fotoalergias e o bronzeamento. Os UV podem provocar também reações tardias, devido ao efeito cumulativo da radiação durante a vida, causando o envelhecimento cutâneo e as alterações celulares que, através de mutações genéticas, predispõem ao câncer da pele. A radiação UV que atinge a Terra se divide em radiação UVA e UVB:

Radiação UVA

Constituindo a maior parte do espectro ultravioleta, a radiação UVA possui intensidade constante durante todo o ano, atingindo a pele praticamente da mesma maneira durante os doze meses do ano. Sua intensidade também não varia muito ao longo do dia, sendo pouco maior entre 10 e 16 horas que nos outros horários. Penetra profundamente na pele, sendo a principal responsável pelo fotoenvelhecimento. Tem importante participação nas fotoalergias e também predispõe a pele ao surgimento do câncer. O UVA também está presente nas câmaras de bronzeamento artificial, em doses mais altas do que na radiação proveniente do sol, esclarece o Dr. Barbosa Lima.

Radiação UVB

De acordo com especialistas, a incidência de UVB aumenta muito durante o verão, especialmente nos horários entre 10 e 16 horas quando a intensidade dos raios atinge seu máximo. Os raios penetram superficialmente e causam as queimaduras solares. É a principal responsável pelas alterações celulares que predispõem ao câncer da pele.

Bronzeamento sem Queimaduras: As Recomendações Médicas

Os médicos lembram que queimaduras repetidas ao longo dos anos podem levar ao câncer de pele e devem ser evitadas. Além do câncer, a exposição inadequada ao sol pode causar queimaduras, envelhecimento prematuro da pele, alergias, alterações no sistema imunológico e ainda danos aos olhos.

Existe a alternativa, contudo, de se bronzear sem se queimar. O primeiro consenso entre os especialistas é de que só se recomende banhos de sol até 10h ou após as 16h, quando os raios UVA, menos danosos, são mais abundantes.

Especialistas explicam que o resultado do bronzeamento só poderá ser percebido após alguns dias da exposição solar inicial. Este é o prazo necessário para que a melanina seja produzida e liberada pelas células. Por se tratar de um processo biológico gradual, os médicos advertem que não há como apressá-lo sem riscos: um banho de sol de um dia só, com muitas horas de exposição, portanto, só pode trazer problemas, e não benefícios.

Sendo assim, os dermatologistas recomendam que se deve tomar o sol por um período de, no máximo, aproximadamente vinte minutos, fazendo uso de protetores solares com fatores de proteção solar (FPS) elevados. O Dr. Barbosa adverte para o fato de que o protetor leva aproximadamente trinta minutos para atingir sua proteção máxima e mesmo com filtro solar, uma parte da radiação ultravioleta está atingindo a pele e estimulando o bronzeamento.

Os filtros solares são substâncias que protegem a pele contra as ações dos raios UV. Se o filtro solar utilizado permite que a pele fique vermelha após a exposição solar, é sinal que a proteção não está sendo eficaz e que o fator de proteção solar deve ser aumentado ou o filtro ser aplicado a intervalos menores. Os médicos indicam como mínio o FPS 15 e a sua reaplicação a cada 2 horas ou após mergulho, exercício ou suor excessivo. O protetor para os lábios também deve ser utilizado.

Usar roupas de tecido apertado também ajuda a proteger a pele da ação solar. A maioria das roupas absorve ou reflete os raios UV, mas as roupas brancas confeccionadas em malha frouxa e as roupas molhadas não apresentam proteção adequada. O uso de chapéu contribui para a proteção de áreas sensíveis, como os olhos, orelhas, rosto, pescoço e nuca. Os óculos de sol com 99-100% de proteção UV também são um poderoso auxiliar na proteção dos olhos, que podem sofrer danos oculares sérios, como a catarata, quando expostos ao sol sem proteção.

Mesmo quem decide ficar na sombra, não está livre de sofrer com a radiação solar, que reflete na água, areia, concreto e que também pode causar danos. O uso de filtros solares também está recomendado pela SBD para quem vai à praia e acha que ficar embaixo do guarda-sol é suficiente.

De acordo com a Dra. Shirlei Schinaider Borelli, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, após o sol, "o banho deve ser morno, rápido e lavando com sabonete apenas as partes íntimas; braços e pernas não precisam de sabonete". Dra. Borelli indica, ainda, o uso de óleos de banho e cremes hidratantes, para evitar a descamação da pele e manter o bronzeado por mais tempo. Entretanto, adverte para a importância de se procurar um médico especialista para que este indique os produtos ideais para os diferentes tipos de pele.

Usando o Índice Ultravioleta (IUV)

Como parte do Programa Nacional de Controle do Câncer de Pele, a SBD, em parceria com o Departamento de Meteorologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, desenvolveu o Índice Ultravioleta, o IUV. Trata-se de um indicador que fornece a previsão diária da quantidade de radiação ultravioleta recebida pela superfície da Terra, durante a hora de máxima iluminação solar, ou seja, entre 11h30 e 12h30, produzindo um alerta válido para o período de risco, das 10h às 16h. Juntamente com o IUV, será divulgado, a cada dia e para cada localidade, os tempos máximos de exposição ao sol a partir dos quais a pele poderá sofrer queimaduras. Estes tempos também variam de acordo com os fototipos da pele:

Tipo 1) Pele clara, olhos azuis, sardentos: sempre se queimam e nunca se bronzeiam.
Tipo 2) Pele clara, olhos azuis, verdes ou castanhos: sempre se queimam e, às vezes, se bronzeiam.
Tipo 3) A média das pessoas brancas normais: queimam-se moderadamente, bronzeiam-se gradual e uniformemente.
Tipo 4) Pele clara ou morena clara, cabelos castanhos escuros e olhos escuros: queimam-se muito pouco, bronzeiam-se bastante.
Tipo 5) Morenas: raramente se queimam, bronzeiam-se muito.
Tipo 6) Negros: nunca se queimam, profundamente pigmentados.

Opções para o Bronzeamento

Existem cremes e loções com dihidroxiacetona, substância que provoca uma reação química na pele, escurecendo-a, chamados de autobronzeadores. De acordo com especialistas da Sociedade Brasileira de Dermatologia, esse fenômeno ocasiona a pigmentação da camada mais externa da pele, gerando uma coloração parecida ao bronzeamento. Esses produtos químicos não estimulam a produção da melanina, assim, não estão bronzeando, mas apenas tingindo a camada córnea da pele. Segundo o Dr. Barbosa essas loções e cremes não causam mal algum aos usuários, a não ser naqueles que tenham alergia ao produto.

Outra opção muito em voga é o bronzeamento artificial, proporcionado em clínicas de estética. No entanto, de acordo com a SBD, o bronzeamento com luz artificial traz danos à pele e aos olhos desprotegidos da mesma forma que a exposição à luz solar. O FDA (Food and Drug Administration) órgão americano que regulamenta medicamentos e alimentos, desaconselha o uso das lâmpadas de UVA com o objetivo de bronzeamento. A SDB explica que estas lâmpadas emitem quase que exclusivamente os raios ultravioleta A (UVA) em quantidades de duas a três vezes maiores do que a irradiada pelo sol. Como já foi dito antes, os raios UVA são os responsáveis pelo fotoenvelhecimento (aparecimento de manchas e rugas) e possuem efeito cumulativo. Além disso, os raios UVA também contribuem para o início ou piora das doenças ocasionadas pelo sol e com o aparecimento do câncer de pele.

Alerta Especial Sobre Fotoenvelhecimento

É comum que as pessoas optem por um bronzeado bonito e esqueçam dos efeitos danosos do sol não apenas para a saúde, mas também para a beleza. De acordo com os Drs. Hugo Weiss, Marisa Santos Weiss, Miguel de Ávila Sobrinho e Márcio V. Teixeira, do Instituto de Dermatologia de Porto Alegre, não se pode falar dos riscos da exposição solar sem explicar o que é fotoenvelhecimento. Em artigo publicado na Internet, os médicos determinam que o fotoenvelhecimento, conjunto de alterações cutâneas, é causado pela exposição excessiva e/ou prolongada da pele à radiação ultravioleta (UV). De acordo com os especialistas, quanto mais clara for a pessoa e quanto maior for a sua exposição aos raios solares, mais severo será o seu processo de fotoenvelhecimento, que é cumulativo. "Clinicamente, o fotoenvelhecimento pode provocar alterações na textura e cor da pele, deixando-a áspera e amarelada. Também pode induzir o surgimento de manchas, pequenas veias dilatadas, rugas, flacidez e ressecamento, entre outros", relatam. Para prevenir, a receita é uma só: evitar a exposição solar no período entre 10h e 16h, usar filtro solar, camiseta, chapéu e óculos escuros. E, se possível, ficar na sombra. "Nunca é cedo ou tarde demais para iniciar uma proteção solar adequada", concluem.

Dados Sobre a Incidência do Câncer de Pele

O câncer de pele é uma das principais preocupações da SBD, que calcula que, no Brasil, surjam 100 mil novos casos por ano. Os dados dos Estados Unidos são ainda mais alarmantes e servem de alerta para o Brasil: somam-se 1,2 milhão de novos casos ao ano entre os americanos, dos quais, estima-se que, em 1999, 44.200 tenham sido de malanoma, levando à morte, no mesmo ano, aproximadamente 10.000 pacientes. Diante deste quadro que vem agravando-se, a Academia Americana de Dermatologia tomou a resolução de adotar uma série de medidas preventivas para criar novos hábitos de exposição solar junto à população. A exposição solar é a principal causa do câncer de pele, segundo a SBD.

Cuidados Especiais com as Crianças

É fundamental proteger as crianças do excesso de sol. Estima-se que até os 18 anos de idade, o tempo de exposição solar é maior do que no restante da vida. Segundo especialistas em dermatologia, crianças com menos de seis meses de idade não devem ser expostas ao sol, assim como não devem utilizar nenhum tipo de creme ou filtro solar. Após os seis meses de idade, as crianças podem utilizar filtros solares com fator de proteção 15 ou mais. Protegidas pelo filtro solar, em todo o corpo, e por chapéu e roupa, a criança pode ser exposta ao sol da manhã, antes das dez horas.

Segundo o Dr. Barbosa Lima, alguns remédios fazem com que a pele fique mais sensível ao sol. Quando o pediatra prescrever alguma medicação, pergunte se o sol deve ser evitado. O médico alerta, ainda, para os riscos dos dias nublados e da luz refletida na areia, na água, que pode atingir a criança, mesmo na sombra.

dezembro 11, 2007

Pratos com Lombo

LOMBO RECHEADO COM COUVE



Ingredientes

Para a marinada:

- 1 peça de lombo de porco (cerca de 1,5 kg)
- 1/4 xícara (chá) de azeite
- 1/2 xícara (chá) de cachaça
- Suco de 2 limões
- 1 cebola grande picada
- 2 dentes de alho picados
- 1 pimenta vermelha sem sementes picada
- Pimenta-do-reino e sal a gosto
- Ervas frescas picadas a gosto (sálvia, tomilho e alecrim)

Para o recheio:

- 100 g de peito de frango
- 3 gomos de lingüiça fresca (tipo calabresa)
- 100 g de bacon fatiado
- 2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
- 2 folhas de couve fatiadas bem fininha
- Sal a gosto
- 4 folhas grandes de couve manteiga sem o talo

Para assar o lombo:

- 1 cenoura picada grosseiramente e com casca
- 1 cebola picada grosseiramente
- Ramos de alecrim, tomilho, sálvia
- 3 dentes de alho ligeiramente amassados
- 1/2 xícara (chá) de cachaça
- 1/4 de xícara (chá) de molho inglês
- 1 tablete de caldo de bacon esfarelado
- 300 ml de água misturada com 1 colher (sopa) de amido de
milho

Modo de Preparo

Para a marinada: Com auxílio de uma faca, abra em manta 1 peça de lombo de porco (cerca de 1,5 kg). Num liquidificador, coloque 1/4 de xícara (chá) de azeite, 1/2 xícara (chá) de cachaça, suco de 2 limões, 1 cebola grande picada, 2 dentes de alho picados, 1 pimenta vermelha sem sementes picada, pimenta-do-reino, sal a gosto e ervas frescas picadas a gosto (sálvia, tomilho e alecrim). Bata bem. Passe essa mistura por todo lombo e deixe por, no mínimo 2 h, dentro de um saco plástico. Para o recheio: Num processador, coloque 100 g de peito de frango, 3 gomos de lingüiça fresca (tipo calabresa), 100 g de bacon fatiado e bata até obter uma pasta. Retire do processador e misture 2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado, 2 folhas de couve fatiadas bem fininha e sal a gosto. Cubra um dos lados da manta de lombo de porco com 4 folhas de couve manteiga sem o talo e espalhe o recheio. Enrole o lombo como rocambole. Apare a couve que sobrou dos lados, com uma faca. Envolva em papel manteiga e amarre com barbante. Reserve. Obs.: umedeça o papel-manteiga, borrifando água, antes de ir para o forno. Para assar o lombo: Numa assadeira, coloque 1 cenoura picada grosseiramente e com casca, 1 cebola picada grosseiramente, ramos de alecrim, tomilho, sálvia, 3 dentes de alho ligeiramente amassados, 1/2 xícara (chá) de cachaça. Coloque uma grade sobre a assadeira e por cima a peça de lombo. Asse em forno pré-aquecido a 180ºC por 1h30m. Aumente a temperatura do forno para 220ºC e asse por mais 30 min para dourar. Retire o lombo do forno, tire o papel manteiga e o barbante. Transfira para uma panela o molho que se formou na forma e junte 1/4 de xícara de (chá) de molho inglês, 1 tablete de caldo de bacon esfarelado, 300 ml de água misturada com 1 colher (sopa) de amido de milho. Leve ao fogo até engrossar levemente. Coe e sirva com o lombo.



LOMBO COM PURÊ DE BATATAS



Ingredientes

- 1 peça de lombo de aproximadamente 1,5 kg
- 6 dentes de alho amassados com 1 pimenta dedo-de-moça
picada e sal a gosto
- Suco de 3 limões
- 1 copo (tipo americano) de vinho branco seco
- 4 folhas de louro
- 1 ramo de alecrim
- 4 colheres (sopa) de azeite
- 2 tabletes de caldo de carne dissolvidos em 2 litros de
água


Para o purê de batata doce:

- 1 1/2 kg de batata doce cozida e espremida
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 1 pitada de gengibre, canela e noz-moscada
- Sal a gosto

Para o caramelo:

- 3 xícaras (chá) de açúcar:

Para a farofa:


- 4 colheres (sopa) de manteiga
- 1 xícara (chá) de bacon picado
- 1 colher (sobremesa) de alecrim fresco picado
- 2 dentes de alho amassados
- 4 xícaras (chá) de farinha de mandioca
- Sal a gosto

Modo de Preparo


Limpe a peça de lombo e misture todos os temperos (alho amassado com pimenta e sal, suco de limão, vinho branco, louro e alecrim) numa vasilha.Coloque o lombo dentro de um saco plástico e despeje o tempero. Feche e mexa para a marinada envolver a carne. Deixe de um dia para o outro. Aqueça o azeite e doure a carne de todos os lados. Vá pingando o caldo de carne por mais ou menos 3h ou até que a carne esteja macia. Para o purê de batata doce: Misture todos os ingredientes, dê uma forma arredondada e cubra com o caramelo. Para o caramelo: Numa panela, coloque o açúcar e leve ao fogo para fazer um caramelo escuro (por mais ou menos 15 min). Para a farofa: Derreta a manteiga, frite o bacon com o alecrim, doure o alho, acrescente a farinha de mandioca e acerte o sal.

dezembro 10, 2007

Curta o Sol de Verão Com Todo Cuidado

O esperado verão brasileiro está no auge e os assíduos freqüentadores das piscinas e praias vivem mais um período de busca da beleza e alegria do sol. A partir de agora tudo se modifica, até o humor das pessoas, mas alguns cuidados devem ser observados durante a exposição ao sol, pois as conseqüências podem não ser muito agradáveis, como um simples bronzeado.

Proteja a sua pele contra o sol

O sol é importante para a síntese da vitamina D na pele e fixação do cálcio nos ossos. Daí a importância das crianças tomarem banhos de sol por curtos períodos, diariamente. A disposição trazida pelos dias ensolarados deve ser acompanhada de moderação na hora da exposição ao sol.

As pessoas que moram em cidades longe do litoral, quando vão à praia, devem ir aumentando aos poucos os períodos de exposição, para dar tempo do bronzeamento ir aparecendo, o que protege a pele. Exposições exageradas e repentinas ao sol, principalmente em pessoas de pele mais sensíveis como os loiros, quase sempre tem como resultado um nariz vermelho e rosto queimado sem bronzeado.

As pessoas de pele mais sensível são as que devem tomar mais cuidado, usando cremes ou loções com filtros solares. Estas pessoas têm maior propensão a ter problemas causados pelo sol, como sardas, manchas e queimaduras solares.

Proteção

Na mudança de estação, as pessoas só se preocupam com os efeitos do frio ou do calor sobre a pele, esquecendo dos filtros solares. Quase todos se esquecem de que, num país tropical como o nosso, a quantidade de radiação é suficiente para provocar danos às células, mesmo quando o tempo está nublado ou chuvoso.

Quanto mais cedo você proteger as áreas expostas à claridade, mas fácil será evitar as rugas, manchas, envelhecimento precoce e o câncer de pele que, no Brasil, só em 1995, teve 90 mil casos constatados.

O sol é essencial a vida, sendo responsável em parte pelo nosso crescimento corporal, pois participa da síntese da vitamina D. Sendo assim, devemos tomá-lo da maneira certa, e nos horários certos, sempre antes das dez e após quinze horas.

Devido a vários fatores (ambientais principalmente), o sol está cada vez mais queimando a nossa pele. Os raios solares tipo UVB são mais fortes no verão e provocam queimaduras, enquanto os tipos UVA são os que danificam a elastina e envelhece a pele, sendo que estes estão presentes o ano todo. Por isto, é indispensável o uso de protetores solares tanto no inverno como no verão.

Os filtros solares são produtos com capacidade para absorver, refratar e espalhar os raios solares. O F.P.S (fator de proteção solar) indica a quantidade de tempo que você pode permanecer protegido dos raios solares, como por exemplo, se sua pele demora 10 minutos para se queimar, com um F.P.S. nº. 15, sua pele vai demorar 150 minutos para se queimar (15 vezes mais tempo). Atualmente existem filtros solares com FPS desde nº 5 até 60.

Cuidados

Algumas regras básicas e cuidadas que toda pessoa deve seguir. O uso diário de filtro solar nas áreas mais expostas (principalmente face, nuca, orelhas, mãos e demais áreas expostas). O ideal é aplicar 30 minutos antes da exposição, para aumentar o poder de penetração. Na face devemos usar filtro de proteção alta (acima de 15), principalmente durante o verão, além do uso constante de batom com filtro solar.

Além disso, as pessoas devem evitar o uso de perfumes junto com os filtros, pois estes podem ser fotossensibilizantes e provocar queimaduras ou manchas na pele.

Todos devem beber muita água natural, pelos menos 2 litros por dia. Diminua ao máximo a ingestão de bebida alcoólica e cigarros, que prejudicam a circulação dos tecidos e interferem no metabolismo das vitaminas A, E e C, essenciais no combate ao envelhecimento.

Por outro lado, o consumo de verduras de cor verde-escura devem ser mais freqüentes porque são ricas em vitaminas, importante para a aparência da pele. A cenoura e outros legumes ou frutas de cor amarela ou vermelha são fundamentais para a pele, uma vez que são ricos em caroteno e vitamina D, que deixam a pele mais protegida contra os raios solares e mais resistente ao câncer.

dezembro 09, 2007

FESTIVAL DE RABANADAS

Rabanada de Panetone



Ingredientes

- 20 fatias de panetone com cerca de 1 cm de espessura
- 1 litro de leite
- 1 envelope de adoçante
- 4 claras
- Óleo para fritura

Modo de Preparo

Misture o adoçante no leite e passe nas fatias de panetone. Em seguida, bata ligeiramente as claras. Passe nas fatias e frite.

Rabanada da Dona Terezinha



Ingredientes

- 100 g de chocolate ralado
- 1 lata de creme de leite sem soro
- 1 lata de leite condensado
- 3 ovos inteiros
- 150 g de coco ralado
- 50 g de uva-passa sem caroço
- 50 g de ameixa preta picada
- 4 colheres (sopa) de açúcar
- Meio litro de leite
- 4 pãezinhos amanhecidos sem casca e cortados em fatias

Para a cobertura - ganache:

- 250 g de chocolate meio amargo picado
- 100 ml de leite em temperatura ambiente (ou creme de
leite)

Modo de Preparo

Coloque no liquidificador três ovos inteiros e bata um pouquinho. Depois, acrescente o leite condensado, meio litro de leite, chocolate ralado e bata novamente. Esse é o creme que vai cobrir o pão. Agora, unte a forma com um pincel, usando sempre margarina ou manteiga sem sal. Para a rabanada não grudar na forma, ao invés de colocar farinha, utilize açúcar e canela em pó. Fica mais saboroso! Para a montagem: Faça uma camada de pão, colocando as fatias uma ao lado da outra. Então, ponha uma camada do creme (aquele que você bateu no liquidificador). Por cima, coloque canela em pó, coco ralado, uva-passa e ameixas. Se quiser, pode deixar a uva-passa e as ameixas de molho no conhaque por um tempo para que fiquem mais macias. A segunda e a terceira camadas são feitas da mesma maneira que a primeira. A rabanada está pronta para ir ao forno a uma temperatura de 180ºC por cerca de 25 min. Para a cobertura - ganache: Leve o leite (que pode ser sibstituído por creme de leite) ao fogo. Assim que começar a borbulhar, despeje o chocolate picado por cima e mexa até formar uma calda, que vai cobrir a rabanada já assada. Obs.: Antigamente, a rabanada era feita frita. Dona Terezinha faz assada (que é melhor para a saúde). Curiosidade: A rabanada é um prato de origem portuguesa. As pessoas decidiram aproveitar, de maneira criativa, os restos de pão duro, que a maioria jogava fora. Lá na terrinha, o doce é conhecido como "fatia de mulher parida". No nordeste do Brasil, a rabanada é chamada de "fatia parida".

Rabanadas Recheadas



Ingredientes

- 1 pacote de pão de forma sem casca (com 20 fatias)
- 200 g (1 xícara de chá) de leite condensado cozido por 40
min na pressão ou doce de leite pronto ou 200 g (1 xícara de
chá) de goiabada derretida e 100 g de queijo meia cura
ralado grosso para polvilhar
- De 750 ml a 1 litro de leite
- 1 colher (sopa) de açúcar para misturar no leite
- 6 ovos inteiros batidos
- Óleo para fritar
- 3 xícaras (chá) açúcar misturado com 2 colheres (sopa) de
canela para passar as rabanadas


Modo de Preparo

Espalhe 1 colher (sobremesa) de doce de leite ou goiabada amolecida e o queijo sobre uma fatia de pão. Cubra com a outra fatia e aperte delicadamente as bordas para colar. Passe no leite com o açúcar. Depois nos ovos batidos. Leve para fritar em óleo quente. Coloque sobre papel-toalha, depois passe pelo açúcar com canela. Se preferir, você pode comer sem passar no açúcar com a canela. Observação: Você pode deixar a rabanada mais light usando:leite condensado light, goiabada light, leite desnatado e ovos com menos colesterol. Origem da rabanada: A rabanada é um doce de origem portuguesa que costumava ser servido na ceia de Natal. O prato recebe nomes diferentes em outros estados do Brasil.


Rabanada Louca



Ingredientes

- 400 ml de leite de coco
- 1/2 xícara (chá) de leite
- 2 colheres (sopa) de açúcar
- 4 gemas
- 4 pães frescos com casca picados
- 1 colher (chá) essência de coco
- 1/2 xícara (chá) nozes picadas
- 1/2 xícara (chá) de amendoim torrado
- 1/2 xícara (chá) frutas cristalizadas
- 1/2 xícara (chá) uvas passas
- 4 claras batidas em neve
- farinha de rosca para polvilhar
- 1 copo de requeijão
- 3 ovos ligeiramente batidos
- óleo o suficiente para fritar
- açúcar misturado com canela em pó a gosto

Modo de Preparo

Num liquidificador bata leite de coco, leite, açúcar, gemas, pães frescos com casca picados e essência de coco. Transfira a mistura (batida acima) para uma tigela e acrescente nozes picadas, amendoim torrado, frutas cristalizadas e uvas passas. Misture muito bem e incorpore as claras batidas em neve. Despeje numa fôrma nº 0, forrada com papel manteiga untada com manteiga e enfarinhada com farinha de rosca. Leve para assar em forno pré-aquecido a 180ºC por +/- 20 minutos. Retire do forno e desenforme ainda quente, sobre um pano de prato umedecido e polvilhado com farinha de rosca. Sobre a massa assada espalhe requeijão e enrole como um rocambole. Deixe esfriar enrolado no próprio pano Depois de fria, corte em fatias de 1 cm. Passe as fatias em ovos ligeiramente batidos. Numa frigideira com óleo suficiente, frite as fatias, escorra em papel absorvente e passe por açúcar misturado com canela em pó a gosto.

CALDA REDUZIDA DE LARANJA

Ingredientes: - 1 litro de suco de laranja - 2 aniz estrelado - 1/3 xícara (chá) de cachaça Modo de preparo: Numa panela em fogo médio coloque suco de laranja e aniz estrelado. Ferva por 15 a 20 minutos até reduzir o volume. Acrescente cachaça e deixe incorporar por mais 5 minutos em fogo médio. Transfira para uma tigela e deixe esfriar. Sirva sobre as rabanadas fritas.

dezembro 08, 2007

VIAGENS COM CRIANÇAS

Com um ano intenso chegando ao fim, o momento mais esperado pelas crianças bate na porta, as férias escolares. Motivo de sobra para reunir toda a família, fazer uma boa viagem, se distrair com os filhos e aproveitar o cenário diferente do que o tradicional dia a dia das grandes cidades nos reserva. É verdade que viajar com crianças pode não ser a tarefa mais fácil do mundo, mas é uma experiência recompensadora, principalmente ao ver sua expressão de alegria ao chegar em um lugar novo ou quando estão se divertindo para valer.

A primeira preocupação para aproveitar as férias com os filhos é conseguir sincronizar a sua época de descanso com a deles. Os meses mais comuns são Julho, Dezembro e Janeiro, período em que as viagens ficam mais concorridas, obrigando os responsáveis a se programarem com a maior antecedência para faltas de vagas ou preços muito salgados. E, férias sem viagem é certeza de filhos insatisfeitos, já que crianças são avessas a imprevistos ou promessas não cumpridas.

É muito importante conhecer as boas opções de viagem disponíveis para as crianças e traçar um projeto em família programando que tipo de viagem será feita, o número de dias, onde se hospedar e a despesa total desse evento. Geralmente os pacotes turísticos existentes no mercado têm preços especiais para bebês e crianças de até 6 anos de idade, enquanto para outros se mantêm o desconto para os pequenos até os 8 anos.

Além disso, é preciso saber se aquela pousada que você acha ideal aceita crianças, já que algumas - mais preocupadas com a paz dos casais - proíbem a hospedagem dos pequenos. Crianças gostam de brincar com crianças e o ideal é ficar em locais onde existam programações especiais voltadas para elas, o que fará com que conheçam novos amiguinhos e aproveitem bem as férias. Lembre-se de que a recreação é fundamental para relaxar e preparar os ânimos dos filhos para o próximo dia.

Atualmente, opções para viagens com crianças no Brasil são o que não faltam: parques temáticos, hotéis e resorts com toda infra-estrutura, programações específicas e hotéis fazenda com atrações são algumas delas. Mas, independentemente do destino escolhido, o que faz a diferença é pensar em programas e atividades que darão prazer para crianças e adultos. Assim, visitar uma cidade histórica, aproveitar um lazer cultural ou uma cidade de praia pode ser também garantia de satisfação para todos.

dezembro 07, 2007

Pernil dourado com pãozinho de milho




Rendimento: 24 porções
Tempo de preparo: 2 dias

Ingredientes do Pernil

* 5 dentes de alho
* ¼ de xícara (chá) de manteiga
* 4 cebolas picadas
* 6 tomates sem pele e sem sementes, cortados em pedaços
* 2 e ½ xícaras (chá) de suco de cenoura
* ½ colher (sopa) de molho de pimenta
* 1 garrafa de vinho branco seco
* 1 xícara (chá) de manteiga derretida
* 1 pernil desossado de 5kg
* Sal a gosto

Modo de fazer

1. Refogue o alho na manteiga, junte a cebola e o tomate. Deixe cozinhar por 20 minutos, em fogo baixo.
2. Bata este refogado com metade do suco de cenoura no liquidificador. Coe junto com o resto do suco. Tempere. Acrescente o vinho, a manteiga derretida e misture.
3. Faça alguns furos no pernil com a ponta da faca e injete essa mistura. Deixe o pernil marinando por 24 horas na geladeira.
4. Coloque o pernil em uma assadeira com o tempero da marinada e cubra com papel alumínio. Asse em forno pré-aquecido (200°C) por duas horas.
5. Retire o papel alumínio e perfure o pernil com a faca. Se sair um líquido claro, o pernil já estará cozido. Deixe no forno por mais uma hora ou até dourar. Se o líquido for escuro, deixe o pernil coberto por mais alguns minutos, repetindo o teste de vez em quando.
6. Coloque o pernil em uma travessa. Sirva fatiado e com os pãezinhos de milho.

Ingrediente do Pãozinho de milho

* 6 ovos
* 2 e ¼ xícaras (chá) de leite
* 2 colheres (sopa) de suco de limão
* ¾ de xícara de manteiga derretida (150g)
* 2 colheres (chá) de sal
* 3 xícaras (chá) de fubá
* 2 colheres (chá) de fermento em pó
* 1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo

Modo de preparo

1. Misture os ovos com o leite e a manteiga. Acrescente o fermento e o sal.
2. Misture o fubá com a farinha de trigo e vá acrescentando lentamente aos ingredientes líquidos.
3. Coloque a massa em forminhas de 6,5 cm de diâmetro, untadas com manteiga e farinha.
4. Coloque as forminhas em uma assadeira e leve para assar em forno médio pré-aquecido (180°C). Retire quando os pãezinhos estiverem ligeiramente dourados.
5. Deixe esfriar um pouco e desenforme.
6. Regue os pãezinhos com o molho do pernil e sirva.

dezembro 06, 2007

Aprenda a calcular suas férias

Você pode ainda não saber, mas suas férias são calculadas de acordo com o tempo de trabalho na empresa. De acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), quem possui carteira assinada tem direito a 30 dias de férias depois de completar 12 meses na mesma organização. Caso a folga não seja possível logo após esse período, a empresa deve liberar o funcionário para as férias nos 11 meses seguintes ou terá de pagar a ele o dobro da remuneração.
Em algumas situações, as férias de 30 dias são divididas em dois períodos. Um deles não pode ser menor que 10 dias seqüenciais. A lei também permite ao empregado “vender” 10 dias das férias à empresa e assim convertê-los em dinheiro.
Descontos e vencimentos
Além do salário base, é necessário saber quanto tempo de trabalho o empregado possui desde o vencimento das últimas férias. Se esse período for de 12 meses, ele receberá o valor integral das férias, acrescido de 1/3 de abono. Se inferior, receberá proporcionalmente, ou seja, 1/12 por mês trabalhado.
No pagamento são descontados as contribuições ao Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) e o Imposto de Renda.
Prazo de pagamento
De acordo com a legislação, as férias devem ser pagas em até dois dias antes do início do descanso. O empregado deve assinar a quitação do pagamento, documento em que aparece a data de início e de término das férias. As empresas já têm um modelo formatado, mas é sempre bom checar se as datas e os valores estão corretos.
Data para as férias
A lei não estipula dia da semana para início ou término das férias. Por isso, o empregador pode definir datas de acordo com seus interesses. A regra não é válida para trabalhadores menores de 18 anos, que podem ajustar o período de descanso do trabalho às férias escolares. Os familiares que trabalham na mesma organização também podem ter férias na mesma ocasião.

dezembro 05, 2007

Bacalhau da Princesa




Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 2 dias

Ingredientes

* 3 colheres (sopa) de óleo ou azeite extra-virgem
* ½ quilo de bacalhau em postas
* 2 cebolas grandes fatiadas
* 2 batatas grandes fatiadas em rodelas finas

Ingredientes do Creme

* 3 xícaras (chá) de leite em temperatura ambiente
* 3 colheres (sopa) de amido de milho
* 2 colheres (sopa) de margarina
* Requeijão cremoso
* Sal a gosto

Ingredientes da Cobertura

* Alho picado e frito
* Azeitonas pretas
* Azeite extra-virgem

Preparação do bacalhau

É preciso dessalgar o bacalhau um dia antes de preparar a receita. Para isso siga os passos:

1. Coloque as postas de bacalhau em uma travessa com água suficiente para cobri-las.
2. Leve a travessa à geladeira por 24 horas
3. Durante esse tempo, troque a água do bacalhau 3 vezes.

Preparação do Creme

1. Em uma panela derreta a manteiga.
2. Dissolva o amido de milho no leite e junte à manteiga derretida.
3. Cozinhe em fogo alto até engrossar.

Preparação do prato

1. Corte as batatas em rodelas bem finas. Refogue-as levemente no azeite e reserve.
2. Refogue as cebolas fatiadas no mesmo azeite das batatas.
3. Junte o bacalhau e refogue até que fique macio (cerca de 3 minutos).
4. Em uma travessa refratária faça camadas intercaladas com o creme, o bacalhau, as cebolas, e o requeijão cremoso, deixando as batatas por último. Por cima espalhe o alho e as azeitonas e regue com azeite.
5. Cubra com papel alumínio e leve ao forno alto por 40 min.
6. Sirva com arroz branco e salada.

dezembro 04, 2007

Festas de fim de ano. Cuidado com esta cilada!

Estamos chegando ao final de mais um ano. E é costume comemorar com comidas e bebidas em grandes quantidades e porque não dizer muito calóricas.

Festa significa que nossa mente nos oferece um mecanismo de proteção por intermédio da racionalização que diz: “hoje posso comer bastante e de tudo, é festa”.
Com essa idéia dá para imaginar o que acontece. Gostaria de antes fazer algumas observações sobre essa cultura de comemorar Natal e entrada do Ano Novo. Antigamente, muitos participavam da famosa missa do Galo à meia noite, ou seja, à zero hora do dia 25 de dezembro. Depois, reuniam-se para cear, pois tinham ficado muito tempo sem alimentar-se e dormir tarde não era costume.

Hoje dessa tradição, praticamente só ficou a ceia. Atentem para o erro. Quem faz a ceia a zero hora, terá que jantar antes, caso contrário ficará com muita fome. Se não jantar, fica beliscando algo que será servido na ceia. Isso é pior porque perde a noção de quantidade e come-se muito.

Para a maioria das pessoas e de acordo com a idade, principalmente aquelas que estão em fase de querer emagrecer, apenas comem (e bem) durante a ceia e vão dormir. Que incongruência, comer demais para dormir. Não tem nada que engorde mais do que isso.

Durante as festas, coma e beba o necessário para
o seu organismo
sem a idéia de que perdeu alguma coisa.
Nossa opinião, e isto já vêm acontecendo em muitos lares brasileiros, o Natal deve ser uma festa de confraternização entre famílias e amigos, não apenas comemoração e “bebemoração” (desculpem o neologismo).

Nosso recado é para quem estiver no processo de emagrecimento. Que não se iluda com a festa e programe-a de modo diferente. Faça um lanche às dezenove horas e a ceia em torno das vinte e duas horas. Após isso, os jovens poderão sair e, os demais, se quiserem conversarão um pouco para depois dormir.

Durante a ceia faça escolhas inteligentes. Isto porque no outro dia no almoço a comida praticamente será a mesma. Para quem vai cear fora de casa ou em restaurante é diferente.

Espero que quem esteja emagrecendo, na semana que antecede o Natal faça um cardápio com poucas calorias para compensar os excessos cometidos nos dias de festa.

Para o dia de fim de ano e início do ano Novo a idéia é mais ou menos a mesma, com exceção que nesse dia a ceia é mesmo à zero hora. Como aqui está implícito uma cultura de divertimento e prazer pela entrada do novo ano, normalmente há bailes e outras confraternizações que fazem as pessoas gastarem mais calorias indo dormir mais tarde.

Portanto, quem estiver em emagrecimento, confraternize mais, coma e beba o necessário para o seu organismo sem a idéia de que perdeu alguma coisa.

dezembro 03, 2007

Frango de Mineiro na Praia





Ingredientes

- 4 colheres (sopa) de azeite
- 500 g de peito de frango cortado em cubos
- 1 cebola picada
- 2 colheres (chá) de alho moído
- 1 colher (chá) de tempero Chef Tulio (receita abaixo)
- 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
- 1 tomate vermelho sem semente cortado em cubinhos
- 250 g de frutos do mar de sua preferência (camarão sete
barbas, mexilhão, lula em anel, vôngole, polvo)
- 2 xícaras (chá) de caldo de galinha fervente (1 tablete de
caldo de galinha dissolvido em 2 xícaras de chá de água)
- 250 g de quiabo fresco sem as pontas
- sal, salsinha e cebolinha picadas a gosto

Tempero do Chef Tulio:

- 5 colheres (sopa de cada) em pó: cebola, alho, pimenta
malagueta, páprica doce, páprica picante, manjericão,
orégano, tomilho seco, semente erva-doce, semente de coentro
moída, semente de cominho moída.

Modo de Preparo

Numa frigideira grande em fogo médio com azeite coloque o peito de frango, a cebola e o alho. Deixe dourar. Junte ao refogado 1 colher de chá do tempero do Chef Tulio, a farinha de trigo, o tomate e refogue bem. Acrescente os frutos do mar de sua preferência e o caldo de galinha e cozinhe por 20 minutos. Adicione o quiabo e cozinhe por mais 10 minutos. Corrija o sal e polvilhe salsinha e cebolinha picadas a gosto. Sirva sobre arroz branco bem quente, se possível em prato fundo. Observação: Você pode substituir os frutos do mar por legumes de sua preferência Curiosidade: Esta receita foi "ensaiada" na década de 70. Quando os pais do Chef Túlio, Coronel Montenegro e Dona Branca, iam com os filhos para o Espírito Santo. Nas férias de 2, 3 meses, eles comiam muito peixe. Até que dava saudade do franguinho. Um dia Sr. Montenegro comprou um frango. Chef Túlio, com seu gosto pela cozinha, acrescentou alguns frutos do mar que estavam na geladeira. O resultado foi um prato delicioso, com um toque mineiro.

novembro 30, 2007

Para a pele

Para pele oleosa:
Use sabonetes feitos com extratos de algas marinhas, ginko biloba, castanha da índia e hamamélis, que ajudam a inibir a produção de oleosidade da pele.

--------------------------------------------------------------------------------

Para pele seca:
Use sabonetes líquidos cremosos, que podem ser com óleos vegetais de macadâmia, sementes de uva e germe de trigo, que amaciam a pele.

--------------------------------------------------------------------------------

Pele normal:
Pode se usar sabonetes líquidos ou em barras; que contenham algas marinhas, camomila e alecrim, para manter o equilíbrio e a beleza da pele.

novembro 29, 2007

Macarrão Assado








Ingredientes

- 400g queijo mussarela cortado em cubos pequenos
- 400g presunto picado
- 1 copo de requeijão cremoso

- fio de azeite
- 1 dente de alho amassado
- 2 litros de água
- 1 lata média de extrato tomate
- sal e pimenta-do-reino moída a gosto

- 500g macarrão talharim

Modo de Preparo

Numa tigela misture o queijo mussarela, o presunto e o requeijão cremoso. Reserve. Numa panela grande com um fio de azeite frite o alho. Acrescente a água, o extrato tomate e tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Deixe ferver por 10 minutos. Num refratário alto e grande, coloque no fundo o macarrão cru. Por cima coloque a mistura de queijo e presunto (reservada acima) e despeje o molho de tomate até quase cobrir o macarrão. Cubra com papel alumínio e leve ao forno a 180º C por 40 minutos. Retire o papel alumínio e deixe mais 5 minutos. Sirva a seguir.

novembro 28, 2007

Mastigue bem sua comida

Ansiedade e falta de tempo podem prejudicar a mastigação. O estômago trabalha melhor com pequenas porções de comida ou com um bolo alimentar homogêneo.
Comer rápido, em frente à televisão, é um crime ã boa digestão. Isso dificulta que os alimentos sejam triturados pelos dentes e quebrados pelas enzimas da saliva. Como resultados, azia, refluxo, prisão de ventre, enxaqueca e taquicardia, sem contar a obesidade. Por isso, mastigue bem o alimento, até ficar fácil de engolir.
Fonte: Revista Saúde - Coleção Malu, ano 6, nº 19.


Inimigos do estômago

- Comer rapidamente mastigando mal os alimentos
- Consumir bebida alcoólica e café de forma exagerada
- Alimentar-se bastante antes de dormir
- Estar sempre preocupado, nervoso, e dormir mal
- Tratamentos ã base de antiinflamatórios, analgésicos ou antibióticos.
Fonte: Revista Saúde - Coleção Malu, ano 6, nº 19.

novembro 27, 2007

Batata Rosti



Ingredientes

4 batatas grandes
1 xícara (chá) de agrião (somente as folhas)
1 cebola roxa pequena
1 1/2 colher (sopa) de azeite de oliva
1 pitada de noz-moscada ralada na hora
sal a gosto

Modo de Preparo

1. Descasque as batatas. Numa tábua, pique fino o agrião e a cebola. Reserve.

2. Numa panela média, coloque as batatas, 2 litros de água e 1 colher (chá) de sal. Leve ao fogo alto e, quando ferver, deixe cozinhar por 15 minutos. Retire as batatas e deixe esfriar.

3. No lado grosso do ralador, rale as batatas. Transfira para uma tigela e tempere com a noz-moscada.

4. Numa frigideira antiaderente, refogue a cebola com 1 colher (chá) de azeite de oliva por 5 minutos em. Junte o agrião, tempere com sal e misture bem.

5. Leve outra frigideira antiaderente ao fogo médio por 1 minuto. Coloque 1/2 colher (sopa) de azeite e espalhe metade da batata ralada. Acrescente o agrião e a cebola sobre a batata e cubra com a outra metade da batata ralada. Regue com o restante do azeite e deixe fritar por 10 minutos ou até que embaixo se forme uma casquinha dourada. Para virar a batata, transfira-a com uma espátula para um prato; coloque a frigideira virada de cabeça para baixo sobre o prato; segure os dois juntos com um pano de prato e vire.
6. Leve a frigideira de volta ao fogo baixo e deixe a batata dourar por mais 15 minutos. Transfira para um prato e corte em 4 partes. Sirva quente, acompanhando carnes e aves.

novembro 26, 2007

Comece com o pé direito!

Provavelmente já aconteceu com você de acordar cansada, mal humorada, sentindo-se indisposta.... Energia negativa acaba com a beleza, faz mal para a pele e intoxica outros órgãos. Sabe aquele ditado que diz: "Verde de raiva"? Vem do líquido da bílis intoxicando todo o seu organismo e alterando até a cor do rosto! No espelho surge uma imagem desanimada, com o rosto amassado, pálpebras inchadas, olheiras pronunciadas... O que fazer?
Prepare-se para enfrentar o dia com otimismo, seguindo as dicas abaixo:

- Procure alongar o corpo, movimentando-se como se estivesse espreguiçando.
- Sente-se na cama e faça movimentos circulares com a cabeça (primeiro para a esquerda, depois para a direita). Mexa os ombros formando círculos para frente a para trás. Repita várias vezes até sentir que a região cervical relaxou, pois é ali que acumulam todas as tensões.
- Tome uma ducha morna ou um bom banho de hidro, contendo sais relaxantes.
- Antes de iniciar seu desjejum, tome um copo d'água. É importante nutrir seu corpo com uma refeição bem balanceada. Afinal, você ficou várias horas sem se alimentar.

novembro 11, 2007

Vamos começar a pensar no Natal? Menu gourmet






À partir de hoje, Estelinha Quebra Galho entrará de férias por uma semana.
Até a volta com dicas e receitas novas.




Sugestões para quem quer luxo e dar um show de gastronomia.

ENTRADAS

Musse de palmito

Ingredientes:

1 envelope de gelatina sem sabor
2 xícaras (chá) de palmito picado
1 caixinha de creme de leite (250 g)
1 xícara (chá) de leite
1 pitada de noz-moscada
sal e pimenta-do-reino a gosto
2 claras
1 colher (chá) de pimenta-rosa para decorar

Modo de Preparo:
Coloque a gelatina em uma xícara grande e junte 5 colheres (sopa) de água. Deixe descansar por 5 minutos. Em seguida, coloque a xícara com a gelatina em uma panela com água e leve ao fogo em banho-maria, até dissolver completamente. Deixe esfriar. Coloque no liquidificador a gelatina dissolvida, o palmito, o creme de leite, a noz-moscada, o sal e a pimenta-do-reino e bata bem até o creme ficar homogêneo. Retire a mistura e coloque em uma tigela. Bata as claras em ponto de neve e misture delicadamente ao creme. Despeje a musse em uma fôrma de bolo inglês (capacidade para 1 e 1/2 litro) e leve à geladeira por 2 horas, ou até que fique firme. Desenforme e decore com pimenta-rosa.


Musse de salmão

Ingredientes:

3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 cebola média picada
1 cenoura grande ralada
1 xícara (chá) de salmão defumado picado
4 colheres (sopa) de vodca
1 envelope de gelatina sem sabor incolor
1 caixinha de creme de leite (250 g)
1 colher de (sopa) de sálvia desidratada
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo:
Aqueça em uma panela o azeite (reservando 1 colher de sopa). Junte a cebola e deixe fritar por 5 minutos, ou até dourar. Acrescente a cenoura, o salmão, a vodca, 1 1/2 xícara (chá) de água e deixe cozinhar em fogo baixo por 10 minutos. No liquidificador, coloque o ensopado de salmão, a gelatina dissolvida conforme as instruções da embalagem, o creme de leite e a sálvia. Acerte o tempero com sal e pimenta-do-reino e bata por 1 minuto. Unte com o azeite reservado 8 forminhas com capacidade para 150 ml, despeje a musse e leve à geladeira por 3 horas, ou até endurecer. Desenforme e sirva.

PRATOS PRINCIPAIS

Cuscuz de bacalhau com molho de camarões

Ingredientes:

1 xícara de azeite de oliva
1 cebola graúda picada
6 talos de cebolinha verde fatiada
1 colher de sopa de salsinha picada
3 dentes de alho
10 tomates sem pele bem picados
2 a 3 xícaras de água ou caldo de 1 folha de louro
150 g de ervilhas frescas
12 azeitonas verdes sem caroço
500 g de bacalhau dessalgado e desfiado
1 pimentão vermelho sem pele e sem sementes
5 xícaras de chá de farinha de milho em flocos
1 xícara de chá de farinha de mandioca crua
2 colheres de chá de sal
2 ovos cozidos
1 maço de brócolis pré-cozidos
folhas verdes para acompanhar
molho de camarões
1/4 de xícara de azeite de oliva
2 colheres de sopa de cebola picada
2 dentes de alho picados
800 g de tomate pelati
1 kg de camarão pequeno limpo
1 colher de sopa de salsinha picada
sal e pimenta do reino
pitada de orégano e folhas de majericão

Modo de Preparo:
Esfarele os flocos de farinha de milho com as mãos ou passe por uma peneira grossa. Coloque em uma panela grande o azeite de oliva e leve ao fogo. Acrescente a cebola e o alho, refogue em fogo baixo até a cebola estar bem macia e transparente, acrescente a folha de louro, a cebolinha e a salsinha, misture bem e refogue por 2 minutos. Coloque os tomates e refogue em fogo baixo por 10 minutos, ajudando com um garfo a desmanchar os tomates, adicione a água ou caldo e ferva por 15 minutos em fogo baixo. Depois, aumente o fogo e acrescente o bacalhau desfiado, as ervilhas e as azeitonas picadas. Acerte o sal e cozinhe por 10 minutos em fogo baixo acrescentando aos poucos as farinhas. Cozinhe por cerca de 10 minutos, mexendo sem parar até que o cuscuz se solte da panela. Unte uma fôrma de bolo (furo no meio ou de pão de forma) com azeite de oliva e coloque florzinhas de brócolis, fatias de ovo cozido nas laterais, e tirinhas do pimentão no fundo. Encha com o cuscuz apertando bem, desenforme e sirva quente ou frio acompanhado de e molho de camarões e salada verde. Molho de camarões: Em uma panela grande ou frigideira coloque o azeite de oliva e acrescente a cebola picada e o alho, refogue até que estejam macios e coloque os tomates batidos no processador. Cozinhe até que o molho comece a engrossar e acrescente os camarões, cozinhe por mais 10 minutos. Salpique com as ervas e tempere com sal e pimenta-do-reino.














Lombo com maçãs e ameixas


Ingredientes:

1 lombo inteiro e limpo
2 xícaras de cubos de pão bem secos
8 ameixas pretas reidratadas
1 maçã verde
1/3 xícara de manteiga
1 colher (sopa) de salsinha
1 colher (sopa) de hortelã
1 colher (sopa) de tomilho
1 colher (sopa) de cebola
1 colher (sopa) de suco de limão
sal e pimenta-do-reino
1 cebola
1 cenoura
2 talos de salsão
1 xícara de vinho branco
1 xícara de vinho do Porto
1 xícara de caldo de frango
1 colher (chá) de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de mel

Modo de Preparo:
Abra o lombo em manta (peça a seu açogueiro), tempere com sal e pimenta-do-reino. Corte a cebola, cenoura e salsão em cubos. Coloque o lombo aberto em uma assadeira, regue com o vinho branco e coloque por cima os vegetais picados. Deixe marinando por 2 horas. Descasque a maçã, retire as sementes e corte em cubinhos de 1 cm. Prepare o recheio colocando em uma tigela os cubos de pão, as ameixas picadas, a salsinha, tomilho e hortelã. Misture bem. Em uma frigideira aqueça a manteiga e refogue a cebola picada. Acrescente os cubos de maçã e refogue até estarem macios. Regue com o suco de limão. Retire do fogo e acrescente a mistura de pão. Tempere com sal e pimenta. Escorra o lombo da marinada e seque bem. Coloque o recheio sobre o lombo e enrole como um rocambole. Amarre com barbante de algodão. Escorra o vinho da marinada. Reserve e arrume os vegetais em uma assadeira. Coloque o lombo por cima e leve ao forno para assar por cerca de 2 horas. Assim que estiver levemente dourado, pincele com o mel e leve novamente ao forno para dourar bem. Retire o lombo e reserve. Retire o excesso de gordura da assadeira com os legumes e salpique com a farinha de trigo. Leve a assadeira à chama do fogão e regue com o vinho branco. Reduza totalmente e acrescente o vinho do porto. Reduza pela metade e coloque o caldo. Reduza novamente. Coe e tempere com sal e pimenta-do-reino. Fatie o lombo e sirva este molho à parte.


Peru assado com sálvia e maçãs

Ingredientes:

1 peru inteiro de tamanho médio
20 folhas de sálvia
4 fatias de pão integral
1 cebola pequena
2 maçãs
100 g de manteiga
1 xícara de água
1/2 limão
sal e pimenta-do-reino
molho
1 xícara de champanhe
1 xícara de vinho madeira ou Marsala
2 xícaras de caldo de frango ou de peru
6 colheres (sopa) de farinha de trigo
sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo:
Lave o peru em água corrente, seque-o bem. Tempere com sal e pimenta-do-reino inclusive a cavidade do peito. Coloque o limão na cavidade do peru. Descasque as maçãs e corte-as em cubos. Pique finamente a cebola e refogue-a em uma frigideira com um pouco de manteiga, acrescente os cubos de maçã e metade da sálvia bem picada, acrescente as fatias de pão bem picadas e molhe com um pouco de caldo de frango ou peru e tempere com sal e pimenta do reino. Retire do fogo e recheie a cavidade do peru com a mistura obtida. Costure a cavidade ou prenda com palitos. Coloque o peru em uma assadeira e espalhe abundantemente as 100 gr de manteiga sobre ele e cubra com as folhas de salvia restantes. Cubra com papel alumínio e asse em forno forte por 40 minutos. Abaixe a temperatura do forno para médio , retire o papel alumínio e continue a assar o peru regando sempre com os sucos que se formaram na assadeira. Asse por 2 a 3 horas ou até que o peru esteja bem dourado e assado. Retire do forno e retire o peru da assadeira. Coloque o molho que se formou na assadeira em um recipiente e espere esfriar um pouco, retire um pouco da gordura que se formou na superfície, cerca de ¼ de xícara e elimine a gordura restante reservando o molho . Coloque a gordura em uma panela e leve ao fogo, acrescente a farinha de trigo e misture bem, cozinhe por 1 ou 2 minutos para que a farinha doure levemente e acrescente o caldo de frango ou peru. Misture bem e reserve. Coloque a assadeira em que o peru foi assado sobre a chama do fogão, regue com o champanhe e com o madeira, deire reduzir à metade e acrescente o molho que se formou na assadeira e que estava reservado, acrescente também a mistura com o caldo de frango, cozinhe por 2 ou 3 minutos e passe o molho por uma peneira, acerte o ponto de sal e pimenta do reino. Aqueça novamente o peru e sirva com este molho.


SOBREMESAS

Pêras com sorvete de nozes e calda de vinho

Ingredientes:

4 pêras médias sem casca
1 xícara (chá) de açúcar
cravo-da-índia em pó a gosto
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de maisena
1 xícara (chá) de vinho tinto suave
8 bolas de sorvete de nozes

Modo de Preparo:
Corte as pêras ao meio no sentido vertical, retire os cabinhos e as sementes. Coloque-as em uma panela, juntamente com o açúcar, o cravo e 1/2 xícara (chá) de água. Cozinhe em fogo baixo, com a panela tampada, por 25 minutos, ou até a pêra ficar macia e formar uma calda. Retire do fogo e reserve. Derreta a manteiga em uma frigideira, junte as peras, reservando a calda, e frite por 1 minuto. Reserve.
À parte, coloque a calda reservada em uma panela com a maisena dissolvida no vinho e misture bem. Cozinhe em fogo baixo até encorpar. Arrume as peras em um prato, salpique cravo em pó e sobre cada metade coloque uma bola de sorvete. Espalhe a calda e sirva.



Sorvete de damasco ao creme

Ingredientes:

Sorvete

1 ovo
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de creme de leite fresco
1/2 colher (chá) de essência de amêndoas
1/2 xícara (chá) de damasco seco picado

Creme

1/2 xícara (chá) de leite
1 colher (chá) de manteiga
3 colheres (sopa) de leite condensado
1 colher (café) de essência de baunilha
2 colheres (chá) de maisena
chocolate em pó a gosto

Modo de Preparo

Sorvete:

Coloque a clara na batedeira e bata por 3 minutos, ou até formar picos firmes. Junte a gema e o açúcar (reserve 4 colheres de sopa), aos poucos, e bata por mais 1 minuto. Transfira essa mistura para um refratário de vidro, apóie-o em uma assadeira com água e leve ao fogo para cozinhar em banho-maria por 8 minutos. Retire e deixe esfriar. À parte, coloque na batedeira o creme de leite gelado e o açúcar reservado e bata por 3 minutos, ou até formar picos firmes. Em seguida, à mistura de ovo já fria, adicione a essência de amêndoas e os damascos (reserve 2 colheres de sopa). Distribua o sorvete em duas taças ou potinhos e leve ao congelador por 1 hora, ou até a superfície endurecer.


Creme:

Bata no liquidificador o leite, a manteiga, o leite condensado, a essência de baunilha e a maisena. Transfira para uma panela e leve ao fogo médio, por 5 minutos, mexendo sempre, ou até desgrudar do fundo da panela. Junte o damasco reservado e misture. Sirva o sorvete com o creme morno polvilhado com chocolate em pó.

SALADAS

Salpicão americano

Ingredientes:

1 repolho pequeno
1 cenoura
1 pimentão verde
1 cebola pequena
2 talos de salsão
2 peitos de frango (opcional)
3 colheres de sopa de uvas passas
1/4 de xícara de maionese
1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara de vinagre
1 colher de chá de mostarda em pó
1/2 colher de chá de sal
pimenta do reino

Modo de Preparo:
Coloque os peitos de frango para cozinhar em um pouco de água levemente salgada, cozinhe até estarem macios, retire do fogo e deixe esfriar. Desfie os peitos de frango e reserve. Fatie finamente o repolho e o pimentão verde. Pique finamente a cebola e o salsão. Rale a cenoura no lado grosso do ralador. Reidrate as uvas passas em 1 xícara de água fervente. Coloque em uma tigela funda o repolho, pimentão, cenoura, salsão, cebola, peito de frango e uvas passas escorridas, misture bem. Coloque em uma pequena panela o açúcar, vinagre e mostarda em pó (ou tipo dijon), leve ao fogo e cozinhe até o açúcar dissolver. Despeje sobre os ingredientes na tigela e misture bem, temperando com sal e pimenta-do-reino. Acrescente a maionese e misture novamente. Leve à geladeira por 4 horas antes de servir.


Salada Waldorf

Ingredientes:

300 g de salsão
500 g de maçãs
150 g de nozes descascadas
2/3 de xícara de maionese
maionese
2 gemas
1/2 colher (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de água fervente
1 xícara de óleo de canola
1/4 xícara de azeite de oliva
1/2 colher (chá) de mostarda
sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo:
Prepare a maionese colocando em uma tigela as gemas e o suco de limão. Acrescente a mostarda e bata até começar a espessar, acrescente o azeite de oliva gota a gota, batendo sem parar com um batedor de arame (fouet). Assim que a consistência começar a firmar, acrescente o óleo lentamente sem parar de bater. Quando atingir o ponto de maionese, acrescente a água fervente e bata novamente para incorporar, tempere com sal e pimenta-do-reino e leve à geladeira. Retire as fibras dos talos de salsão e corte em cubos de 1 cm. Descasque as maçãs e corte-as em cubos de 1 cm. Misture os cubos de maçã, salsão e nozes e acrescente a maionese, misture bem. Leve a geladeira até o momento de servir.


SUGESTÃO PARA A MESA DE NATAL


novembro 10, 2007

Menu econômico

Sugestões para quem quer delícias na ceia de Natal sem gastar muito.

Pratos principais:

Peru com bacon

Ingredientes:

750 g de peito de peru
2 colheres (sopa) de suco de limão
2 colheres (chá) de sal
2 colheres (sopa) de óleo
4 colheres (sopa) de vinho branco
1 ramo de alecrim
12 fatias de bacon

Modo de Preparo:
Corte o peito de peru em 12 pedaços (como se fosse um palito grosso). Tempere-os com o suco de limão, o sal, o óleo, o vinho e o alecrim. Deixe tomar gosto por 15 minutos. Em seguida, retire o peru, seque com papel toalha e enrole as fatias de bacon. Distribua em um refratário, sem encostar um no outro, e cubra com papel-manteiga. Leve ao microondas Consul por 15-17 minutos, em potência média, ou até a carne ficar cozida e o bacon dourado. Deixe descansar no microondas por 5 minutos. Retire do forno, transfira o peru para uma travessa, desprezando o caldo que se formou, e sirva com purê de abóbora.


Arroz com espinafre

Ingredientes:

2 xícaras (chá) de arroz
2 cebolas médias picadas
sal a gosto
4 colheres (sopa) de óleo
2 colheres (sopa) de manteiga
2 dentes de alho amassados
1 maço de espinafre limpo

Modo de Preparo:
Em uma panela, aqueça 2 colheres (sopa) de óleo e frite a cebola e o alho por 5 minutos, ou até dourar. Misture o espinafre e o sal e refogue por mais 2 minutos. Reserve. Em outra panela, coloque o óleo restante, junte o arroz e refogue por 3 minutos. Acrescente 4 xícaras (chá) de água fervente, o sal, reduza o fogo e cozinhe com a panela parcialmente tampada por 20 minutos, ou até o arroz ficar quase cozido. Junte o refogado de espinafre, misture bem, tampe a panela e cozinhe por mais 3 minutos, ou até a água secar. Unte uma fôrma de anel com a manteiga e coloque o arroz para dar o formato de pudim. A seguir, desenforme em um prato grande. Se preferir, decore com folhas de espinafre.



Arroz com tâmaras


Ingredientes:

1 cebola média
4 colheres (sopa) de manteiga
2 xícaras (chá) de arroz
5 xícaras (chá) de água
1 tablete de caldo de galinha
1 envelope de açafrão
sal a gosto
canela em pó 1 colher (chá) de
100 g de tâmaras

Modo de Preparo:
Refogar a cebola picada na manteiga. Juntar o arroz, a água, o caldo de galinha, o açafrão, o sal e a canela. Cozinhar em fogo brando até o arroz ficar macio. Tirar os caroços das tâmaras e misturar ao arroz. Deixar alguns minutos para tomar gosto e servir.




Peru festivo

Ingredientes:

1 cebola grande em cubos
3 tabletes de caldo de galinha esfarelados
3 colheres (sopa) de manteiga
1 peru baby de 2 a 2,5 kg
1 colher (sopa) de molho de soja
1/2 xícara (chá) de uva passa sem semente
1 maçã verde em cubos

Modo de Preparo:
Misture a maça, a cebola e a uva passa e recheie o peru. Coloque a manteiga em um refratário pequeno e leve-o ao microondas por 1 minuto em potência média, apenas para amolecer. Depois adicione o caldo de galinha esfarelado e o molho de soja. Misture-os bem, formando uma pasta, e besunte o peru. Coloque o peru em um refratário retangular com o peito voltado para baixo.
Leve-o ao microondas por 45 minutos em potência média. Vire-o e besunte-o novamente com a pasta. Devolva-o ao forno, depois de protegê-lo nas asas e coxas com papel-alumínio. Asse-o por mais 45 minutos em potência média, regando-o de vez em quando com molho que se formar no refratário. Sirva com arroz com castanha-do-pará.



SALADAS


Salada de folhas com manga marinada

Ingredientes:

2 mangas médias em cubos médios
1 cebola média em pedaços pequenos
1 xícara (chá) de vinho branco
1 xícara (chá) de vinagre de sidra
2 colheres (sopa) pimenta-do-reino em grãos
1 pé de alface roxa
1 maço médio de agrião
1 pé de chicória crespa limpa
sal a gosto

Modo de Preparo:
Coloque a manga numa tigela e reserve. Leve ao fogo uma panela com a cebola, o vinho, o vinagre, a pimenta-do-reino (reserve alguns grãos) e o sal. Cozinhe até ferver, retire do fogo e despeje na tigela com a manga. Cubra-a com filme plástico e deixe marinar por 25 minutos. Se preferir, prepare no dia anterior. Lave as verduras e seque-as com toalha de papel. Disponha as folhas numa saladeira, junte os cubos de manga sem o tempero e espalhe os grãos de pimenta-do-reino reservados. Sirva em seguida.





Salada de radicchio

Ingredientes:

1 pé de radicchio
10 aspargos em conservas
iogurte desnatado
ervas desidratadas (alecrim, louro, manjericão, segurelha e tomilho)
sal

Modo de Preparo:
Limpe 1 pé pequeno de radicchio, lave e pique em tiras ou rasgue as folhas com as mãos. Coloque em uma saladeira e distribua 10 aspargos em conserva. Coloque em uma tigela 1/2 xícara (chá) de iogurte desnatado, 5 colheres (sopa) de azeite de oliva, 1 colher (sopa) de ervas desidratadas e sal a gosto. Bata com um batedor manual até ficar homogêneo e despeje sobre a salada.



SOBREMESAS

Crocante de morangos

Ingredientes:

1 pacote de flocos de milho
1 xícara de mel
100 g de frutas cristalizadas
2 colher (sopa) de manteiga
200 g de morango
4 colher (sopa) de açúcar
200 ml de creme de leite
1 colher (café) de essência de baunilha
folhas de hortelã

Modo de Preparo:
Coloque o mel, 2 colheres de sopa de açúcar em uma panela e leve ao fogo. Dissolva o açúcar e acrescente a manteiga. Apague o fogo. Coloque as frutas cristalizadas e acrescente delicadamente os flocos de milho. Misture bem. Forre uma fôrma de bolo (furo no centro) com filme plástico e enforme a mistura de mel e flocos apertando bem. Leve à geladeira por 4 horas.

Bata em uma batedeira o açúcar restante com o creme de leite até ponto de chantilly. Acrescente a baunilha. Desenforme os flocos de milho e coloque em uma travessa redonda. Retire o filme plástico e decore com os morangos, chantilly e folhas de hortelã.


Creme de laranja

Ingredientes:

100 g de creme de leite fresco
5 colheres (sopa) de açúcar
1 laranja fatiada para decorar
100 ml de suco de laranja
casca de 1 laranja ralada
3 gemas de ovo
100 ml de vinho branco doce
1 colher (sopa) raspa de maisena
biscoitos para decorar

Modo de Preparo:
Com um batedor, bata em uma tigela as gemas e o açúcar, até obter um creme claro e espumoso. Despeje as gemas batidas em uma panela com fundo grosso, acrescente a maisena, a casca de laranja, o vinho, o suco de laranja e 100 ml de água. Leve ao fogo bem baixo e deixe cozinhar sem parar de mexer. Assim que encorpar, cozinhe por mais alguns minutos, sempre em fogo baixo e mexendo com um batedor, sem deixar ferver.
Em seguida, despeje o creme em uma tigela, deixe esfriar e eleve à geladeira. Antes de servir, incorpore o creme de leite batido, mexendo de baixo para cima. Divida o creme em 4 taças e decore com fatias de laranja e biscoitos.




Entrada:

Rolinhos mortadela

Ingredientes:

12 fatias médias de mortadela
2 xícaras (chá) de queijo branco
1/2 xícara (chá) de iogurte natural
1/2 xícara (chá) de salsinha picada
3 colheres (sopa) de óleo
2 colheres (sopa) de shoyu
sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo:
Coloque o queijo em uma tigela e amasse com um garfo até ficar completamente esfarelado. Junte o iogurte e misture por 2 minutos, ou até ficar homogêneo. Acrescente a salsinha, o óleo, o shoyu, o sal e a pimenta-do-reino e misture bem. Para a montagem, coloque em uma superfície lisa uma fatia de mortadela e divida-a ao meio. Em seguida, coloque o recheio de queijo por cima. Enrole a mortadela, formando um canudo e disponha-a em um refratário. Repita a operação, até terminarem os ingredientes. Sirva em seguida. Se preferir, decore com tomates-cereja cortados em gomos.



Farofa de ovos

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de cebola picada
4 colheres (sopa) de manteiga
1 xícara de farinha de mandioca crua
4 ovos levemente batidos
1 colher (sopa) de salsinha picada
sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo:
Coloque a manteiga em uma frigideira grande, acrescente a cebola e refogue em fogo baixo até que a cebola esteja bem macia. Acrescente a farinha de mandioca e misturando sempre doure a farinha, despeje os ovos aos poucos misturando bem para incorporar com a farinha. Salpique com a salsinha, sal e pimenta-do-reino. Sirva quente.


SUGESTÃO PARA PREPARAR A MESA DE NATAL



novembro 09, 2007

Galinha na Xícara

MAIS VOCÊ - ANA MARIA BRAGA



Ingredientes

Para a massa:

- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
- 1 colher (chá) de sal
- 1/4 xícara (chá) de gordura vegetal (150g)
- 6 colheres (sopa) de água gelada

- 1 ovo batido para pincelar

Para o recheio:
- 1/2 xícara (chá) de manteiga
- 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
- 1 colher (chá) de sal
- pimenta-do-reino a gosto
- 2 colheres (sopa) de cebola bem picadinha
- 500 ml de caldo de galinha (1 tablete de caldo de galinha
dissolvido em 500 ml de água quente)
- 3 xícaras (chá) de frango cozido e desfiado
- 1 lata de seleta de legumes
- 1/2 lata de milho cozido

Modo de Preparo

Massa: Numa tigela grande, misture farinha de trigo e sal. Incorpore gordura vegetal até a mistura ficar parecendo uma farofa grossa. Acrescente água gelada até formar uma bola com a massa. Divida a massa em duas, enrole-as em plástico e leve à geladeira por no mínimo 4 horas. Retire pequenas porções da massa e forre o fundo e lateral de 8 xícaras de chá (ou uma fôrma redonda com 22 cm de diâmetro). Coloque o recheio dentro da xícara (ou fôrma) e cubra com a massa, selando as bordas. Faça vários cortes na massa para permitir que o vapor saia. Pincele ovo batido e leve para assar em forno pré-aquecido a 200º C por 30 minutos ou até a massa dourar. Recheio: Numa panela grande, derreta manteiga. Misture farinha de trigo, sal, pimenta-do-reino a gosto e cebola bem picadinha. Aos poucos, acrescente caldo de galinha e cozinhe, mexendo sem parar, até a mistura engrossar. Desligue o fogo e junte frango cozido e desfiado, seleta de legumes e milho cozido. Misture bem. Reserve.